PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico da Juve justifica Dybala no banco: "Ronaldo precisa de Mandzukic"

Allegri, técnico da Juventus, durante jogo contra o Valencia - REUTERS/Sergio Perez
Allegri, técnico da Juventus, durante jogo contra o Valencia
Imagem: REUTERS/Sergio Perez

Do UOL, em São Paulo

10/02/2019 18h34

O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, precisou responder sobre a ausência de Paulo Dybala na vitória por 3 a 0 do time bianconero diante do Sassuolo neste domingo (10), fora de casa. De acordo com o comandante da Velha Senhora, o argentino taticamente não consegue exercer as mesmas funções que seus companheiros.

"É uma questão de características de jogadores. Com Ronaldo, você leva um jogador a mais para ocupar a área e se impõe fisicamente, o que Dybala não consegue fazer. Então você também pode jogar com Dybala e Ronaldo, mas nesse caso é normal que você perca algumas disputas", explicou o treinador à "Sky Sport".

Leia mais:

Ao mesmo tempo, Allegri não consegue imaginar o ataque da Juventus sem a presença de Mario Mandzukic: "Ronaldo jogou por 10 anos com Benzema, e isso não foi uma loucura em Madri. Dybala precisa de Mandzukic, Ronaldo precisa de Mandzukic", argumentou.

Dybala entrou aos 37 minutos do segundo, já com o confronto praticamente definida. Segundo Allegri, o atacante precisava descansar para se recuperar mentalmente: "Dyabala entrou bem e o banco foi utilizado para ele se recuperar mentalmente", completou.

Na semana passada, durante o empate dos Bianconeros diante do Parma, o argentino ficou no banco de reservas e deixou o campo antes do apito final, irritado por não ser escolhido para a última alteração do treinador.

Esporte