PUBLICIDADE
Topo

Esporte

United vence Everton em jogo de Martial e ganha uma posição na tabela

Martial e Pogba, pelo lado esquerdo, criaram as melhores chances do United na partida - PETER POWELL/REUTERS
Martial e Pogba, pelo lado esquerdo, criaram as melhores chances do United na partida Imagem: PETER POWELL/REUTERS

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/10/2018 14h57

O Manchester United recebeu o Everton no Old Trafford neste domingo (28) para a 10ª rodada do Inglês e venceu por 2 a 1. Os gols saíram pelos pés de Pogba e Martial, e Sigurdsson descontou de pênalti. O destaque do duelo foi Martial, que fez um jogo particularmente inspirado e foi fundamental para o triunfo.

Com o resultado, o time comandado por José Mourinho chegou a 17 pontos e subiu para oitavo lugar na tabela, enquanto o Everton, estacionado nos 15 pontos, caiu para nono.

O próximo compromisso do United será no próximo sábado (3), quando visita o Bournemouth no Vilatily Stadium. Já o Everton recebe o Brighton no Goodison Park.

O melhor: Martial
O garoto de 22 anos estava endiabrado em campo. Pelo lado esquerdo do ataque, foi ele quem criou mais situações de perigo para o United, deixando companheiros em boas condições ou arriscando ele próprio – o gol só não saiu antes graças às defesas de Pickford. O atacante francês também sofreu o pênalti do gol de Pogba e, para fechar com chave de ouro, deixou o seu na segunda etapa e ajudou a selar a vitória. Ele ainda perdeu um gol inacreditável no fim.

O pior: Walcott
O Everton poderia ter chegado ao empate, mas  o ponta direita prejudicou o time com suas decisões erradas. Pecou nas finalizações e, em lance que gerou muita reclamação de Richarlison e Sigurdsson, preferiu arriscar de fora a cruzar a bola e errou em muito o alvo. Walcott foi muito abaixo de Bernard e do restante da equipe, mas isso não impediu o técnico Marco Silva de sacar Bernard para o lugar de Lookman.

Pickford evita goleada e pega até pênalti
O goleiro do Everton foi muito bem. Apesar de ter sofrido dois gols nos quais não teve culpa, fez grandes defesas por toda a partida e evitou um placar mais elástico no Old Trafford. Ele defendeu a cobrança de pênalti de Pogba, mas não foi rápido suficiente e viu o francês marcar no rebote.

Everton pressiona, mas é prejudicado por pênalti de Gueye
O Everton jogava no Old Trafford como se jogasse em casa. Começou dominando as ações, com investidas velozes pelas pontas do ataque. Sem a bola, marcava alto e encaixotava o United no campo de defesa. O gol parecia questão de tempo, mas, aos 25, Gueye derrubou Martial na área e o juiz marcou pênalti. Pogba cobrou, Pickford espalmou com a mão, mas o francês consertou o erro e, no rebote, mandou para a rede.

Rashford amplia, mas é flagrado em impedimento
O United poderia ter ido para o intervalo com placar mais elástico. Em mais uma bela jogada de Pogba e Martial, a bola sobrou na entrada da área com o meia, que mandou uma bomba e obrigou Pickford a espalmar. Rashford, atento na área, aproveitou a sobra e mandou para o gol, porém não valia mais nada. O árbitro flagrou o jogador em posição de impedimento e anulou o tento.

Martial faz o seu e se consagra
Logo no início do segundo tempo, Martial consagrou a boa atuação com um golaço. Ele recebeu bola ajeitada por Pogba e bateu de primeira, sem dar chances para o goleiro. Mesmo com vantagem no placar, o United conseguiu administrar o resultado. Teve algumas chances de fazer o terceiro gol, principalmente pelo lado esquerdo, onde Martial ganhava facilmente dos marcadores.

Anfitriões complicam jogo que parecia fácil
O United dominava até que, na marca dos 30 minutos, Smalling sofreu com uma trapalhada de Pogba e derrubou Richarlison na área. Sigurdsson bateu certeiro com o pé direito e descontou. Lukaku, que entrou no lugar de Rashford aos 20 minutos e que enfrenta um jejum de nove partidas sem marcar, tentava receber a bola na frente, mas se posicionava mal e foi pego em posição irregular mais de uma vez. O United conseguiu se segurar e, nos acréscimos, Martial quase fez o terceiro. Recebeu livre, avançou até a pequena área e chutou, mas Pickford defendeu.

Mourinho segue sem sofrer virada
Desde a chegada de José Mourinho ao comando do Manchester United, em 2016, a equipe nunca sofreu uma virada. Mais uma vez, a regra valeu. O time saiu na frente e teve certa tranquilidade para vencer por 2 a 1 e subir uma posição na tabela da Premier  League.

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER UNITED 2 X 1 EVERTON


Data: 28 de outubro de 2018, domingo
Horário: 13h (de Brasília)
Local: Old Trafford
Cartões amarelos: Smalling, Gueye, Matic
Cartões vermelhos: -

Gols: Pogba, aos 27’ do primeiro tempo; Martial, aos 4’, e Sigurdsson, aos 32’ do segundo tempo

MANCHESTER UNITED: David De Gea; Victor Lindelof, Chris Smalling, Ashley Young e Luke Shaw; Fred (Lingard), Matic e Paul Pogba; Juan Mata (André Herrera); Marcus Rashford (Lukaku) e Anthony Martial.
Técnico: José Mourinho

EVERTON: Pickford; Coleman, Zouma, Keane, Digne; Andre Gomes, Gueye (Dominic Calvert-Lewin); Walcott (Tosun), Sigurdsson, Bernard (Lookman); Richarlison.
Técnico: Marco Silva 

Esporte