Topo

Esporte


Sob olhares de Neymar, PSG vence o Bordeaux pelo Francês com gol de Cavani

Cavani se machuca ao bater pênalti e precisa ser substituído no PSG - REUTERS/Gonzalo Fuentes
Cavani se machuca ao bater pênalti e precisa ser substituído no PSG Imagem: REUTERS/Gonzalo Fuentes

Do UOL, em São Paulo

09/02/2019 15h53

O PSG fez o seu dever de casa e bateu o Bordeaux por 1 a 0, neste sábado (9), no Parque dos Príncipes. Mesmo poupando vários titulares, o time da casa saiu vitorioso no confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Francês. Cavani marcou o gol solitário da partida.

Os parisienses comandaram o início do jogo e chegaram ao gol da vitória em cobrança de pênalti. Na segunda etapa, bastou o PSG administrar o resultado e esperar o apito final. O jogo, no entanto, teve o seu saldo negativo para os mandantes: Cavani sentiu dores musculares e deixou o gramado, preocupando a comissão técnica.

O resultado deixa o time vermelho e azul com 59 pontos, abrindo treze de diferença para o vice-líder Lille, que ainda joga no fim de semana. O Bordeaux, por sua vez, permanece na 12ª posição, com 28 pontos. 

O próximo compromisso do PSG é considerado um dos mais importantes da temporada. Na terça-feira (12), o time da capital francesa encara o Manchester United no Old Trafford, em partida de ida das oitavas de final Champions League.

PSG joga com time misto; Jovens entram

Thomas Tuchel já perdeu Neymar para os confrontos da Liga dos Campeões contra os Red Devils. Sem querer correr o risco de ter outros jogadores lesionados, o treinador decidiu poupar figuras importantes do elenco, como o brasileiro Marquinhos. Por conta disso, os jovens Chuopo-Moting, Nkunku, Nsoki, Diaby e Kimpembe tiveram a oportunidade de jogar.

Ainda assim, Cavani, que começou entre os 11 principais, se machucou em cobrança de penalidade e preocupa para o jogo do meio de semana.

Quem foi bem: Verratti tem dia de 'maestro'

O volante deu passes magníficos para os atacantes, regeu o setor de meio de campo do PSG e foi o principal nome do time da casa. Se o time vermelho e azul teve facilidade na transição, deve-se ao bom desempenho de Verratti. No segundo tempo, deixou o campo sob aplausos para ser preservado. 

ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / AFP
Imagem: ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / AFP

Quem foi mal: Chuopo-Moting não aproveita oportunidades

O Paris Saint-Germain poderia ter vencido por um placar mais elástico, mas não conseguiu devido as chances perdidas por Chuopo-Moting. Na frente do goleiro, o atacante perdeu excelente oportunidade no primeiro tempo. Na segunda etapa, foi "fominha" ao não rolar a bola apara Mbappé ampliar.

Aww, that?s cute! ?? @neymarjr

Uma publicação compartilhada por Nj neymarjr (@neymajrparis) em

Neymar na tribuna

Longe dos gramados por conta da fratura em seu quinto metatarso do pé direito, Neymar foi flagrado no Parque dos Príncipes assistindo o jogo. A expectativa dos médicos do clube é a de que o atacante possa voltar a atuar em abril.

Brasileiro salva gol de Thiago Silva

Os mandantes começaram em ritmo lento, trocando passes laterais, buscando abrir espaços na defesa fechada do Bordeaux. Aos 9 minutos, porém, o PSG quase tirou o zero do placar com Thiago Silva. O zagueiro aproveitou cruzamento de Daniel Alves e tocou em direção ao gol. A bola iria entrar, mas o ex-corintiano Pablo afastou em cima da linha.

Ataque parisiense perde caminhão de gols

Aos poucos, o setor ofensivo dos parisienses começou a funcionar com mais efetividade. A mira dos atacantes, no entanto, não estava afiada no primeiro tempo. Primeiro, aos 20, Cavani perdeu gol incrível após receber passe preciso de Verratti, mas chutar para fora. Cinco minutos mais tarde, Chuopo-Moting armou contragolpe, tabelou com Diaby e parou em bela defesa do goleiro.

No lance seguinte, a dupla de novatos voltou a funcionar: Diaby recebeu em boas condições de Chuopo-Moting, mas finalizou rente ao poste.

Bordeaux chega pela primeira vez

A única chance clara da equipe visitante ocorreu através da bola parada. Briand aproveitou cobrança de escanteio e, livre de marcação, testou por cima do travessão.

Cavani abre o placar, mas sai machucado e preocupa

Antes do término da etapa inicial, o time do Parque dos Príncipes enfim marcou. Meunier recebeu na área e caiu após choque, sofrendo penalidade duvidosa. Na cobrança, Cavani bateu forte e estufou a rede de Costil. Contudo, o uruguaio sentiu um incômodo no momento da batida e precisou ser substituído para a entrada de Mbappé.

Bordeaux volta melhor

O time visitante mudou de postura na segunda etapa e agrediu mais o líder da competição com Kamano. Primeiro, o meio-campista recebeu com liberdade na entrada da área, mas acabou isolando. Aos 15, no entanto, o jogador acertou bela finalização, mas Buffon se esticou todo para exercer bela defesa e evitar o empate. 

PSG administra o placar 

Após bom momento do Bordeaux no jogo, o PSG passou a controlar o time adversário, 'esfriando' o jogo. Chuopo-Moting ainda teve duas chances de deixar a partida mais confortável para os mandantes, mas se atrapalhou dentro da área e não consegui dar sequência às jogadas. Mbappé, no último lance, também recebeu bela assistência de Daniel Alves, mas bateu por cima.

FICHA TÉCNICA

PARIS SAINT-GERMAIN 1 X 0 BORDEAUX

Data e hora: 09 de fevereiro de 2019, às 14h (horário de Brasília)

Local: Estádio Parque dos Príncipes, em Paris (França)

Gol: Cavani, aos 41 do primeiro tempo

Árbitro: Ruddy Buquet

Auxiliares: Guillaume Bedart e Julien Pacelli Gol: Cavani, aos 41 do primeiro tempo.

Cartão amarelo: Daniel Alves, Nsoki, Thiago Silva e Diaby (PSG); Sankaharé, Kamano e Préville (Bordeaux)

PSG: Buffon; Meunier (Dagba), Thiago Silva, Kimpembe e Nsoki; Verratti (Paredes), Daniel Alves, Diaby e Nkunku; Chuopo-Moting e Cavani (Mbappé). Técnico: Thomas Tuchel.

Bordeaux: Costil; Sergi Palencia, Koundé, Pablo (Jovanovic) e Sabaly; Otávio, Basic (Tchouameni), Kamano (Cornelius), Sankharé e Prévill; Briand. Técnico: Éric Bedouet.

Mais Esporte