PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Neymar comanda goleada e PSG faz 9 em 'vingança' contra algoz Guingamp

Do UOL, em São Paulo

19/01/2019 15h50

O Paris Saint-Germain entrou em campo neste sábado (19), no Parque dos Príncipes, com o objetivo de se 'vingar' do Guingamp, equipe que o eliminou na Copa da Liga Francesa na última semana. Pelo Campeonato Francês, a equipe foi comandada pelo trio de ataque formado por Neymar, Mbappé e Cavani, e goleou o Guingamp por sonoros 9 a 0.

Com um dos principais ataques da Europa, o PSG contou com a estrela de seu forte setor ofensivo para conquistar a vitória. Mbappé e Cavani, com três gols cada, e Neymar, com dois tentos, comandaram a goleada - o belga Meunier marcou o nono. Líder isolado, o time de Paris ampliou a vantagem na liderança do Francês. Agora, a equipe de Neymar possui 53 pontos, 13 a mais que o vice-líder Lille - e com duas partidas a menos que o segundo colocado. 

O Paris Saint-Germain entra em campo na próxima quarta-feira (23), contra o RC Strasbourg, em partida válida pela Copa da França. Pelo Francês, o PSG enfrenta o Rennes, no domingo (27), no Parque dos Príncipes. 

O melhor: Neymar

Quase todas as jogadas ofensivas do Paris Saint-Germain passaram pelos pés de Neymar. No primeiro tempo, o atacante brasileiro comandou o ataque do time parisiense, marcou um belo gol após dar um chapéu no adversário e ainda deu uma assistência para o primeiro gol de Mbappé na partida. Já no segundo, o brasileiro não tirou o pé do acelerador, balançando as redes e marcando seu segundo tento.

O pior: Eboa Eboa

O PSG deitou e rolou pelo lado direito de seu ataque. Lateral-esquerdo do Guingamp, Eboa Eboa não teve grande atuação e se complicou para segurar o forte ataque do adversário. Com seu time perdendo por 2 a 0, saiu jogando errado e permitiu que Mbappé ampliasse o placar.

Mbappé, atacante do PSG - CHARLES PLATIAU/REUTERS - CHARLES PLATIAU/REUTERS
Imagem: CHARLES PLATIAU/REUTERS

Quem segura a dupla Neymar e Mbappé?

Na última semana, pela Copa da Liga Francesa, o Guingamp conseguiu um feito praticamente inédito e neutralizou a dupla Neymar e Mbappé - O brasileiro até balançou as redes, mas não foi o suficiente para impedir a derrota do PSG por 2 a 1. Neste sábado, no entanto, o lanterna do Francês encontrou uma dupla afiada e com sede de gols. 

Líder da equipe, Neymar abriu o placar em um lindo gol. O brasileiro deu um chapéu em Ikoko e completou para o fundo das redes. Embalado, o camisa 10 participou de tabela entrosada com Mbappé, que ampliou o placar em chute forte. Ainda no primeiro tempo, com marcação avançada e pressionando a zaga adversária, Mbappé marcou o terceiro. 

Daniel Alves vai bem como meio-campista

O técnico Thomas Tuchel escalou o Paris Saint-Germain com três zagueiros (Thiago Silva, Marquinhos e Kehrer) e deu liberdade para Daniel Alves atuar no meio de campo. O brasileiro, que já jogou improvisado como volante nesta temporada, apoiou bem o ataque com lançamentos precisos, e ainda foi voluntarioso na marcação.

Verratti sai lesionado e Tuchel pode ter dor de cabeça

Com Adrien Rabiot afastado, Thomas Tuchel escalou Daniel Alves e Marco Verratti como volantes. Improvisado, Daniel Alves deu conta do recado. No entanto, Marco Verratti deixou a partida ainda no primeiro tempo, após sentir dores e pedir para deixar o gramado. Com a baixa do volante italiano, Tuchel pode ter problemas para escalar o meio de campo do PSG na próxima partida, contra o Strasbourg.

Neymar e Daniel Alves comemoram gol do PSG - Anne Christine Poujoulat/AFP - Anne Christine Poujoulat/AFP
Imagem: Anne Christine Poujoulat/AFP

Cavani também entra na brincadeira e PSG goleia

O principal nome do segundo tempo foi o uruguaio Edinson Cavani. Com o Guingamp entregue e o PSG sem diminuir o forte ritmo no ataque, o camisa 9 confirmou o apelido de "homem-gol" e marcou três gols: todos dentro da área e com o bom posicionamento que lhe é característico. 

Perto do fim do jogo, com o Guingamp se atrapalhando na saída de bola, o PSG ainda marcou seu último gol. O belga Meunier, que substituiu o brasileiro Thiago Silva no segundo tempo, aproveitou bola espirrada em dividida de Cavani e soltou uma bomba para marcar o nono gol do time de Paris. 

PSG 9 X 0 GUINGAMP

Data: 19 de janeiro de  2019, sábado
Horário: 14h (de Brasília)
Local: Parque dos Príncipes, em Paris

Cartão amarelo: Kurzawa (PSG)

GOLS: Neymar aos 10 minutos, Mbappé aos 36 e aos 44 minutos do primeiro tempo; Cavani aos 14 e aos 21 do segundo tempo, Neymar aos 23 minutos, Cavani aos 29 minutos, Mbappé aos 34 minutos e Meunier aos 37 minutos do segundo tempo (PSG)

PSG: Buffon; Thiago Silva (Meunier), Kehrer e Maquinhos; Daniel Alves, Bernat (Kurzawa), Verratti (Draxler); Di María; Mbappé, Neymar e Cavani
Técnico: Thomas Tuchel

GUINGAMP: Caillard; Ikoko, Kerbat, Eboa Eboa e Rebocho; Phiri, Didot e Deaux (Blas); Thuram (N'Gbakoto), Djilobji (Mendy) e Rodelin
Téncico: Gourvennec

Esporte