PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fred leva título inédito sem atuar, mas com ajuda fora de campo no Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

18/10/2018 11h00

Depois de vencer o Corinthians por 2 a 1, o Cruzeiro faturou seu sexto título da Copa do Brasil, o segundo em sequência. Dos jogadores no plantel de Mano Menezes, a maioria já havia sentido o gostinho de vencer o torneio por causa da conquista no ano anterior. Mas o atacante Fred, um dos mais veteranos do grupo, sentiu essa sensação pela primeira vez na carreira. Mesmo sem ter entrado em campo em nenhuma partida, o camisa 9 contou como usou sua experiência para ajudar a equipe na caminhada pelo hexa.

"Eu tentei contagiar, colocar a galera pra cima, ajudar da melhor forma possível nos treinos, nos jogos. Nosso grupo foi melhor os 180 minutos. E no papel, também acho que nossa equipe vive um momento bem melhor. Esse título foi mais que merecido", comentou o jogador, que já foi bicampeão brasileiro, mas ainda não havia ganhado uma Copa do Brasil na carreira.

Leia também:

De fato, Fred é um dos jogadores mais queridos do Cruzeiro. Recentemente, quando voltou aos treinos, precisou ser novamente 'batizado' pelos companheiros, tradição realizada com os jogadores recém chegados ao clube. Apesar de ter ficado longos meses de fora, o atacante sempre foi um jogador presente nos momentos de descontração, além de passar aos mais novos sua experiência para lidar com as situações dentro e fora de campo.

Contratado para ser a referência dentro da área, Fred teve a maior parte do ano interrompido por causa de duas graves lesões. No primeiro jogo da Libertadores, se machucou e precisou ficar pouco mais de um mês de fora. Na partida em que retornou aos gramados, voltou a se machucar, desta vez ainda mais grave. Durante os seis meses que ficou de molho, não conseguiu adquirir o ritmo de jogo a tempo de ajudar o time no torneio continental e nem na Copa do Brasil. Apesar de ainda contar com a reta final do Brasileirão para recuperar a forma física, o atacante já se prepara para voltar com tudo na temporada que vem.

"Agora o foco maior mesmo é 2019. É continuar reforçando e melhorando para voltar voando na pré-temporada", disse.

Esporte