PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dorival avisa que vitória não relaxa o Santos e descarta poupar titulares

Do UOL, em Santos (SP)

22/10/2015 00h58

O técnico Dorival Júnior avisou que a vitória do Santos diante do São Paulo por 3 a 1 nesta quarta-feira, no Morumbi, em jogo válido pela semifinal da Copa do Brasil, não relaxará seu time para o segundo jogo, que ocorre na próxima quarta-feira (28), na Vila Belmiro.

“Tudo é possível no futebol. O futebol não dá o direito de relaxar em momento nenhum. Sabemos da qualidade do São Paulo, das dificuldades que enfrentamos hoje e aquilo que teremos pela frente”, afirmou Dorival.

“Difícil imaginar uma situação, tudo pode acontecer, mas temos que se precaver. Não temos o direito de achar que as coisas estão definidas. Errando em uma noite você joga fora todo o trabalho. Não tem como relaxar neste momento. Não é o perfil deste grupo. Se o São Paulo vencer será por méritos e não por relaxamento nosso”, completou.

Dorival Júnior também avisou que não pretende poupar nenhum titular para o jogo contra o Figueirense no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), em Florianópolis, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, o treinador ressalta que terá mais precisão sobre o time nesta quinta-feira, na reapresentação do elenco.

“Para o jogo de sábado vamos pensar só amanhã (quinta-feira). Mas não penso em poupar ninguém, vamos para campo. Até esse momento não tem nada em relação a lesões, mas até amanhã é natural que essas coisas venham acontecer”, disse.

Dorival Júnior elogiou o desempenho do Santos mesmo com o campo pesado devido a forte chuva, mas reclamou da facilidade que o São Paulo teve para criar jogadas aéreas.

“Eu acho que foi uma partida muito bola. Logicamente que depois da água as coisas se igualaram. As equipes não têm condições de criarem. Fico feliz pelos nossos gols saírem desta maneira”, declarou.

“Foram 26 jogadas deles contra três nossas (bolas aéreas). Eu estava incomodado porque não estávamos encurtando. Tínhamos que matar a bola na nascente”, concluiu. 

Futebol