PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ceni diz que emoção com título do Fortaleza supera conquista com o SP

Stephan Eilert/AGIF
Imagem: Stephan Eilert/AGIF

Do UOL, em São Paulo

15/11/2018 21h53

O primeiro título de Rogério Ceni como técnico tem sabor especial. Ao comentar o sentimento após conquista da Série B com o Fortaleza, o ex-goleiro afirmou que a emoção de faturar o campeonato como treinador é maior do que quando atuava como jogador.

"Cada partida é uma história diferente. Cada campeonato é uma história nova que se escreve. A emoção é a mesma de quando eu fui campeão brasileiro como atleta. Aliás, acho até que maior. Porque você consegue botar o teu trabalho em prática e ver o sucesso final. Eu acho que é muito do talento do jogador, da cabeça boa de cada atleta. Eles são os grandes astros do espetáculo. Mas você saber que fez parte daquilo também é emocionante", disse o técnico ao SporTV após a goleada por 4 a 1 contra o Juventude nesta quinta-feira (15).

O título da Série B é o primeiro de Ceni como treinador - ele iniciou na nova função em 2017 à frente do São Paulo, pelo qual se consagrou como um dos jogadores mais vitoriosos da história do clube. Entre as principais conquistas como jogador, ele faturou o tricampeonato brasileiro pelo time do Morumbi (2006, 2007 e 2008), duas Libertadores (1993 e 2005) e dois Mundiais de Clubes (1993 e 2005).

Além disso, o treinador aproveitou para ressaltar que ainda avaliará a permanência no Fortaleza para 2019. A torcida fez coro de "Fica, Ceni" nas arquibancadas do Castelão, mas o ex-goleiro admitiu que as dificuldades que serão encontradas na Série A podem "pesar" na decisão.

"Em 2019, a gente dificilmente consegue entregar para eles uma festa desse tamanho. É o ano do centenário. Fechamento do ano com título. E você tem que pesar. Nós deixamos uma história tão bacana. Não conseguir repetir essa história é até certo ponto frustrante. Claro que o objetivo final do Fortaleza deve ser permanecer mais tempo em uma Série A, se estruturar cada vez mais, mas às vezes é constrangedor você não ter força para brigar por um título. Vamos analisar por mais uma semana", completou o treinador.

Ainda sem definição sobre a permanência, o Fortaleza de Rogério Ceni volta a campo na próxima sexta-feira (23) contra o Coritiba, no Couto Pereira, para a rodada de encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro.

Esporte