PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos aposta em 'padrão Cuca' para ter técnico medalhão em caso de troca

Cuca ao lado de Peres; Santos paga R$ 700 mil mensais ao técnico, que não sabe se fica - Ivan Storti/SantosFC
Cuca ao lado de Peres; Santos paga R$ 700 mil mensais ao técnico, que não sabe se fica Imagem: Ivan Storti/SantosFC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

23/11/2018 04h00

O Santos deve terminar o Campeonato Brasileiro sem saber quem será o seu treinador para a próxima temporada. A prioridade é manter Cuca, que passará por cirurgia no coração, e monitorar Abel Braga, o único "plano B" até o momento. No entanto, caso nenhum deles aceite comandar o time em 2019, a diretoria santista aposta no “padrão"Cuca" para contratar um técnico de renome, segundo apurou o UOL Esporte.

O "padrão Cuca" significa pagar R$ 700 mil mensais de salário para o treinador que aceitar dirigir a equipe santista em 2019, além do pagamento de auxiliares e analistas desempenhos, custo que o clube tem com o atual comandante nesta temporada.

Vale ressaltar que este "pacote" vale, principalmente, para Abel Braga. A diretoria santista espera Cuca decidir se cumprirá o seu contrato até o fim do próximo ano. Caso contrário, a estratégia é oferecer este montante a Abel. Se o ex-treinador do Fluminense recusar, o presidente José Carlos Peres buscará outro "medalhão" no mercado.

Leia também:

A diretoria santista acredita que o "salário de Cuca" deve facilitar as negociações para contratar um treinador renomado para o time em 2019. Isso porque são poucos os técnicos no futebol brasileiro que recebem R$ 700 mil mensais.

Por enquanto, somente Cuca e Abel Braga são cogitados, mas há dirigentes na Vila Belmiro que acreditam, por exemplo, que Fábio Carille não receberia este montante só para ele no Corinthians caso aceitasse retornar ao time de Parque São Jorge.

Santos deve esperar Cuca até o fim de dezembro

A diretoria santista promete esperar a decisão de Cuca até o fim de dezembro, no máximo. No entanto, há dirigentes na Vila que pressionam Peres a esperar até o término do Campeonato Brasileiro somente, após o duelo contra o Sport, no próximo dia 2, na Ilha do Retiro, em Recife.

Cuca confirmou o problema de saúde em entrevista coletiva após o empate do Santos contra o Botafogo na última quarta-feira (21), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 36ª rodada do Brasileiro. O treinador, inclusive, não gostou de o assunto ter sido revelado pelo presidente santista em entrevista ao Band Sports nesta semana. Na ocasião, Peres deixou escapar que Cuca só não permaneceria por problemas de saúde.

"Tenho um problema de saúde e, provavelmente, vai me tirar (do Santos) para eu cuidar dele, mas não era para ter falado", afirmou Cuca.

Cuca passou mal pela primeira vez durante a derrota do Santos para o Cruzeiro no dia 23 de setembro, no Mineirão, em Belo Horizonte. Depois disso, o treinador foi submetido a exames, que "acusaram" a necessidade de uma cirurgia cardíaca.

Esporte