PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Homenageado, Gabigol se esquiva sobre saída e pede "rostinho" no muro do CT

Gabigol recebeu uma placa em homenagem ao gol histórico marcado pelo Santos - Ivan Storti/SantosFC
Gabigol recebeu uma placa em homenagem ao gol histórico marcado pelo Santos Imagem: Ivan Storti/SantosFC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

30/10/2018 17h22

O atacante Gabriel Barbosa foi homenageado nesta terça-feira, no CT Rei Pelé, por marcar o gol de número 12.500 da história do Santos. O camisa 10 recebeu um vídeo com recado do amigo e cantor de rap, Projota, e depois uma placa do clube paulista, entregue pelos companheiros Victor Ferraz, Renato e Alison.

Em seguida, Gabigol se esquivou sobre o seu futuro no Santos ao ser questionado em entrevista coletiva. O camisa 10 ainda agradeceu o carinho pela homenagem, mas fez um pedido aos dirigentes santistas: ter o seu rosto pintado nos muros do CT, ao lado dos demais ídolos do clube.

“Muito feliz. É uma marca muito grande para o Santos, time onde eu comecei a jogar, onde só tem coisas boas a falar. Agradeço ao estafe, aos jogadores por virem, ao presidente pela placa e a Deus pelo momento e por esse gol. Que eu receba outras placas e quem sabe meu rostinho no muro (CT Rei Pelé) também”, afirmou Gabigol.

Gabriel está emprestado ao Santos até o fim desta temporada, mas a Inter de Milão, da Itália, não demonstrou em interesse em renovar o empréstimo. Por conta disso, a diretoria santista considera quase impossível a sua permanência para 2019.

Apesar de se esquivar sobre o seu futuro, Gabigol não quis acabar com o sonho do torcedor que torce pela sua renovação.

“Tem (chance de ficar), obviamente que tem. Pelo que eu sei, presidente também me quer. Tem muito tempo, foco nos jogos que faltam e depois conversamos. Estou muito feliz, mas também há o sonho de jogar na Europa. Não depende só de mim, tem Santos, Inter (de Milão, que o emprestou ao Peixe), no começo do ano foi complicado, não é fácil, mas é melhor esperar os jogos que faltam e conversar com todos no fim do ano para resolver”, disse.

O gol 12.500 do Santos foi marcado por Gabigol na vitória contra o Fluminense por 3 a 0, no último sábado, na Vila Belmiro. Vale lembrar que o gol de número 12 mil da história santista, também foi marcado por Gabriel, em 2014, na goleada de 5 a 1 sobre o Botafogo, pelo Campeonato Paulista.

Esporte