PUBLICIDADE
Topo

Esporte

São Paulo deve escalar os jovens da base por conta de lesões de titulares

Helinho tem a esperança de ter uma chance entre os titulares do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Helinho tem a esperança de ter uma chance entre os titulares do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

29/10/2018 04h00

As lesões de Rojas e Everton Felipe no São Paulo devem acelerar o uso de garotos por Diego Aguirre. Com os dois atletas lesionados na mesma rodada, no triunfo em Salvador contra o Vitória, o treinador recorrerá à base para mostrar se a esperança dos torcedores nos jovens se justifica.

A lista dos que aguardam com expectativa a decisão do técnico tem alguns favoritos: Igor Gomes, Helinho, Antony, Toró e Brenner buscarão ter mais espaço com o comandante na reta final do Brasileirão.

Luan é um exemplo de sucesso para eles. O jovem não só recebeu chance entre os titulares, como correspondeu e ainda renovou o seu contrato até 2022. Em alta, ele deve seguir entre os escolhidos para começar os jogos.

Na tentativa de voltar a brigar pela liderança, inclusive, Aguirre promoveu outras mudanças justamente no setor de criação da equipe. Nenê, por exemplo, não tem mais sua vaga garantida na equipe de titulares. Ele não joga 90 minutos há cinco jogos. Começou no banco de reservas nos últimos dois.

Everton, que era outra esperança dos tricolores após afastamento por lesão, voltou a se machucar e deve ter dificuldade de mostrar seu melhor futebol ainda nesta temporada. Para este setor, Aguirre tem optado por Reinaldo na posição.

Com 56 pontos, o São Paulo ainda tem esperanças de alcançar o Palmeiras, que é líder e tem 63. São sete rodadas para disputar o sonho que já esteve como mais improvável antes da última rodada. A diferença diminuiu em dois pontos. Se não conseguir chegar no topo, o objetivo passa a ser uma vaga no G4, para ir à Libertadores sem o mata-mata inicial.

Esporte