PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Levir Culpi analisa momento do Atlético-MG e diz: "Falta desempenho"

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em Belo Horizonte

29/10/2018 22h41

Levir Culpi não gostou da atuação do Atlético-MG no revés para o Ceará, por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico crê que faltou desempenho de seus comandados no jogo ocorrido na Arena Castelão, em Fortaleza, fala em infelicidade de sua equipe no confronto e explica que ainda não conhece todos os jogadores que tem à disposição.

Em entrevista coletiva após o compromisso, Levir Culpi reconhece que a fase não é boa, mas crê que poderia sair com um resultado positivo de Fortaleza.

"O momento não é bom, mas o resultado poderia ser outro também. Foi um jogo muito igual, muito disputado. O Ceará veio muito determinado. O Atlético vai voltar a ser o que é. Eu tenho certeza disso, eu conheço o Atlético. Existe qualidade técnico para ser um time vencedor. Estou observando o time", declarou.

A derrota para o Ceará culminou na maior série negativa do time no Campeonato Brasileiro. São quatro jogos sem vencer - três derrotas (Chapecoense, Fluminense e Ceará) e um empate (América-MG). Recentemente, os torcedores do Atlético fizeram protestos contra a diretoria de Sérgio Sette Câmara, atual mandatário do clube. As manifestações são avaliadas por Levir Culpi, mas o técnico diz não faltar empenho dentro de campo.

"Passei várias fases de protestos assim. O que o torcedor pode fazer? Ele só pode torcer, então ele fica apavorado. Ele quer mandar alguém embora, seja diretor, técnico, presidente. A gente se envolve muito com futebol, é como se fosse uma religião. Há uma abertura para protesto, mas isso tem que ser feito com educação. Quando faremos protesto com educação? É difícil. Conheço bem a torcida. Se o jogador se empenha 100% com a camisa do Atlético, eles jogam juntos. Hoje, não foi falta de empenho, foi falta de desempenho", comentou.

Esporte