PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dorival elogia postura do Flamengo e diz que empate foi mérito do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/10/2018 22h15

O Flamengo empatou com o Palmeiras neste domingo (27), no Maracanã, e perdeu a chance de diminuir a distância para o líder, que segue de quatro pontos. O técnico Dorival Júnior reconheceu que o resultado não foi o esperado, mas reconheceu a força do adversário e exaltou a postura de seus comandados em campo.

"Futebol é caprichoso. Tentamos de todas as formas, mas enfrentamos uma equipe bem postada e com excelentes jogadores. Não é líder por acaso. Fizemos um jogo buscando troca de passes e transição rápida, os atletas se entregaram, mas as finalizações não foram boas", afirmou Dorival, que também lamentou a "chance do jogo" perdida por Paquetá.

O comandante defendeu a organização de sua equipe e creditou o gol adversário ao talento de Dudu. "A equipe não estava desarrumada. Foi uma jogada de felicidade do Dudu, craque, tem capacidades que o diferenciam e foi muito feliz na jogada", disse o comandante. "A equipe estava organizada. O Palmeiras foi cirúrgico no único contra-ataque que nos demos. O Fla não se entregou. Chegou ao empate e poderia ter virado."

Apoio de Diego Alves ao elenco

Cortado do jogo por ter se recusado a viajar com a equipe a Curitiba após saber que seria reserva contra o Paraná, na última semana, o goleiro Diego Alves fez questão de ir ao Maracanã para desejar boa sorte aos companheiros antes da partida. O treinador elogiou a postura e a união do time rubro-negro.

"Diego Alves e vários estiveram aqui. Isso mostra que estamos unidos em busca do resultado. É importante ressaltar que ele e outros jogadores, inclusive da base, prestigiando e apoiando o grupo. Sempre muito bem-vindo. Não existe nada pessoal contra nenhum profissional e o Diego será sempre respeitado", afirmou o técnico.

Elogios a Marlos Moreno

O comandante também elogiou o atacante colombiano Marlos. Autor do gol de empate do Flamengo, ele não balançava as redes há mais de dois anos e quebrou o jejum justamente no duelo decisivo contra o líder.

"O Marlos vem fazendo um trabalho sério, pedindo uma oportunidade pela maneira que tem se comportado, muito interessado, querendo uma nova condição na equipe. Cabe ao treinador acreditar no atleta", explicou Dorival.

Esporte