PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Danilo admite incômodo por jogar pouco e comemora gols após mais de 2 anos

Do UOL, em Santos (SP)

27/10/2018 21h19

Danilo foi o grande nome do Corinthians na vitória por 2 a 1 sobre o Bahia na noite deste sábado (27), na Arena Corinthians. O meia de 39 anos fez os dois gols do time paulista - um de bicicleta - e voltou a marcar depois de longos dois anos sem balançar as redes. Durante este período, sofreu com uma grave lesão que o fez até correr o risco de ter a perna amputada.

Danilo iniciou a partida no banco de reservas e entrou no intervalo. Não precisou de um minuto para completar um cruzamento e abrir o placar na Arena. Pouco depois, cometeu um pênalti e viu o Bahia empatar o jogo. Mas já aos 43min do segundo tempo, sua estrela voltou a brilhar com um gol de bicicleta que deu números finais à partida - e acabou com um jejum do Corinthians, que não vencia há cinco rodadas no Campeonato Brasileiro.

Após o apito final, Danilo não escondeu nem a felicidade pelos gols marcados como também pela insatisfação de não ter tão aproveitado nesta temporada de 2018. Este foi apenas o 11º jogo do meia neste ano.

"Estou muito feliz. Difícil falar, um dia muito feliz para mim, desde o início do ano treinando para jogar. Joguei pouco, fico louco para estar no campo. Até brinco com os meus companheiros: fui sempre um jogador que jogou muito, e esse ano joguei pouco, e às vezes incomoda, mas futebol é dessa forma, tem que estar trabalhando, respeitando a decisão do treinador, e hoje apareceu oportunidade", disse Danilo.

"Hoje foram 45 minutos, então tive mais tempo para aproveitar. Fiquei dois anos parado, está definido que vou jogar o ano que vem. Quero terminar com 40 anos jogando. Me sinto muito bem", acrescentou o meia, que não balançava as redes desde 23 de julho de 2016, quando o Corinthians empatou por 1 a 1 com o Figueirense na Arena.

Em entrevista após o jogo, o goleiro Cássio fez questão de elogiar o companheiro.

?Ver a carreira do Danilo, vitoriosa... Mesmo não tendo muitas chances sempre trabalhou, se dedicou e está de parabéns, sempre foi muito comprometido com a equipe. Teve a oportunidade e guardou. Ajudou muito a equipe não só com os gols, mas com a experiência, a cadência. Tanto tempo sem jogar, entrar e fazer dois gols...?, afirmou em entrevista ao canal Premiere.

Esporte