PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Confiante para "decisão", Marcelo Oliveira vê pontos positivos em derrota

Do UOL, em São Paulo

27/10/2018 19h23

O técnico Marcelo Oliveira fez elogios ao time reserva do Fluminense apesar da derrota por 3 a 0 para o Santos, neste sábado (27), na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe tricolor segurava o 0 a 0 até os 38 minutos do segundo tempo, mas acabou cedendo à pressão do time da casa.

“Aguentamos bem na maior parte. O Santos assustou mais no segundo que no primeiro tempo. Não conseguimos contra-atacar como eu previa. Dava para sustentar uns 10 minutos mais, mas foi quando saiu o pênalti. Tivemos dificuldades também por problemas físicos e desgaste, já que são jogadores que não vêm jogando e sentiram o ritmo da partida”, comentou o treinador.

Embora o placar possa sugerir o contrário, os jogadores que defenderam o Flu no litoral paulista ganharam pontos com o comandante. “Fica como positivo a entrega e a disposição destes jogadores. Pelo menos três estavam com câimbras e não saíram. É difícil jogar aqui, pela qualidade do Santos, pelo treinador que eles têm. Fica a lição. São jogadores que poderão ser úteis tanto no Brasileiro como na Sul-Americana”, afirmou Marcelo.

A Sul-Americana inclusive foi o motivo para o treinador dar descanso aos titulares neste sábado. Na próxima quarta-feira, em Montevidéu, o Fluminense faz o duelo de volta contra o Nacional por uma vaga na semifinal do torneio continental. Os donos da casa se classificam com um 0 a 0, já que empataram por 1 a 1 a partida de ida no Rio de Janeiro.

“Será um dos jogos mais importantes. A cada rodada dizemos que é importante. Teremos um jogo difícil lá. O Nacional mostrou qualidade no jogo aqui e deixamos escapar a vitória ao ceder o empate no finalzinho. Mas é possível. Vamos descansados. Tenho certeza de que vai ter valido a pena porque o calendário é muito apertado, seriam quatro jogos em dez dias. Vamos fortes e confiantes para buscar o resultado que nos interessa”, concluiu o treinador.

Esporte