PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cruzeirenses cobram maturidade de Deyverson: "mancha a carreira dele"

Do UOL, em Belo Horizonte

30/09/2018 13h25

Depois da derrota por 3 a 1 para o Palmeiras, os jogadores do Cruzeiro não saíram satisfeitos com o atacante Deyverson. Na vitória alviverde no Pacaembu, o jogador provocou a equipe visitante com firulas e seu comportamento gerou alguns princípios de confusões dentro de campo. Na saída, os atletas da Raposa cobraram mais maturidade do adversário.

"Não é que irrita, mas é uma questão de maturidade. Ficar batendo embaixadinha, chamando confusão, isso é algo pequeno no futebol. Acaba manchando a carreira dele por causa dessas atitudes infantis. Todo mundo é profissional, o futebol dá muitas voltas, por ser que um dia ele jogue no Cruzeiro. Conversamos com ele, o Fred também falou, é desnecessário, esperamos que amadureça", comentou o zagueiro e capitão Léo.

Depois que o Palmeiras marcou seu terceiro gol, o comportamento de Deyverson passou a chamar atenção no Pacaembu. Aos 25 minutos, em jogada na lateral, o atacante brincou com a bola e simulou chutes no ar. Já nos acréscimos, fez embaixadinhas antes de receber a falta e irritou os jogadores do Cruzeiro. Imediatamente, Fred se aproximou do atacante e conversou com ele. Na sequência, o empurra empurra continuou e o palmeirense acabou amarelado.

"Às vezes a gente extrapola um pouco, mas o Deyverson é um moleque novo, vai aprender ainda. Está jogando bem para caramba. A gente torce para a carreira dele evoluir ainda mais, mas jogou o jogo dele, inflamou, fez algumas coisas desnecessárias, mas são coisas internas", comentou Fred, que retornou aos gramados após seis meses lesionado.

Em sua entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes também não poupou críticas ao atacante.

"Tem gente que acha isso engraçado. Tem gente dando moral para esse tipo de coisa. Não tem como terminar bem. Você, como adversário, perdendo o jogo, com 40 graus na cuca, e o cara fazendo gracinha. Vai terminar mal. Aí vira briga, expulsão. Não é possível que as pessoas não estejam vendo isso", disse o treinador.

Com o resultado, o Cruzeiro permanece com 37 pontos na sétima colocação. Na próxima rodada, a Raposa recebe o Ceará, no Mineirão. Antes disso, nessa quinta-feira, a equipe terá o jogo do ano, e pega o Boca Juniors por uma vaga na semifinal da Libertadores. Na ida, os argentinos venceram por 2 a 0.

Esporte