PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ricardo Oliveira encerra semana infeliz com gols perdidos em três jogos

Do UOL, em Belo Horizonte

27/08/2018 04h00

Ricardo Oliveira ainda é o vice-artilheiro do Brasileirão, com nove gols marcados, um a menos que Pedro, do Fluminense. Mas o atacante do Atlético-MG está passando por uma fase ruim e anda mal com as redes. A derrota por 1 a 0 diante do Vitória, no último domingo, encerrou uma semana para ser esquecida. Além do jogo no Barradão, Ricardo ainda ficou marcado por perder grandes oportunidades de marcar contra o Botafogo e Vasco.

O último gol de Ricardo Oliveira pelo Atlético aconteceu diante do Santos. Contra o ex-clube, o atacante marcou logo dois de uma vez e foi o melhor em campo no triunfo por 3 a 1. Acontece que nos últimos sete dias, o veterano entrou numa seca. Em uma ocasião, as chances perdidas não prejudicaram o time. Em outras, o gol desperdiçado fez falta.

No domingo passado, no Engenhão, Ricardo recebeu um lançamento de Matheus Galdezani e entrou livre na área, mas chutou para fora, à esquerda do goleiro Saulo. Naquele momento, o Atlético ainda empatava sem gols com o Botafogo. No final da partida, o atacante deu uma assistência para Tomás Andrade marcar o terceiro do Galo.

Diferente do compromisso no Rio de Janeiro, as chances perdidas pelo atacante fariam falta quatro dias mais tarde, diante do Vasco. Na partida que o Atlético não conseguiu quebrar a marcação cruz-maltina, Ricardo teve uma boa oportunidade aos 32 do segundo tempo, mas não foi feliz na tentativa de encobrir Martín Silva. No último lance do jogo, acertou a trave após o cruzamento de escanteio tocar suas costas. Por fim, no jogo contra o Vitória, o atacante recebeu pelo menos duas chances reais de gol. A primeira delas poderia mudar o desfecho da partida logo no primeiro minuto, quando recebeu um presente da zaga baiana, mas finalizou de esquerda e chutou para fora.

Além da falta de pontaria e sorte em alguns momentos, não é só Ricardo Oliveira que está convivendo com a ausência de gols. No jogo contra o Vitória, Elias também teve uma tarde ruim e não aproveitou bem suas chances. Agora, o time terá uma semana inteira para voltar a calibrar o pé e tentar recuperar os pontos perdidos nos últimos jogos. Com o resultado em Salvador, o Galo permaneceu com 34 na sexta posição, ficou a três de Palmeiras e Grêmio, e ainda viu o rival Cruzeiro se aproximar, com 30. No sábado que vem, o compromisso alvinegro será contra o Corinthians, em São Paulo.

Esporte