PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Aguirre exalta vitória do SP: "Ninguém pode duvidar de que foi merecido"

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

26/08/2018 14h10

O São Paulo persistiu e conseguiu derrotar o Ceará por 1 a 0 neste domingo, em um Morumbi quase lotado. O triunfo faz o Tricolor paulista se manter na liderança do Brasileiro, independentemente do resultado do segundo colocado, Internacional - que enfrenta o Palmeiras neste domingo. O gol só saiu aos 32 minutos do segundo tempo, com Bruno Peres após jogada de Reinaldo. O balanço do técnico Diego Aguirre foi positivo.

"Acho que foi um bom jogo, gostei do São Paulo. Acho que merecíamos alguma coisa a mais, no primeiro tempo perdemos muitas situações. Acho que ninguém pode duvidar de que foi merecido. Se alguém tinha que ganhar hoje, seria o São Paulo. Da arbitragem não costumo falar, de comentários de terceiros [treinador do Ceará, Lisca] também não. Falemos do jogo", disse Aguirre.

Na partida deste domingo, o treinador não contou com Hudson, que sofreu com dores no joelho direito durante o empate por 1 a 1 com o Paraná, durante a semana. Na próxima rodada, contra o Fluminense, o uruguaio não poderá escalar Jucilei, Nenê e Everton - todos suspensos com o terceiro cartão amarelo.

"Era muito arriscado ele [Hudson] jogar, poderíamos perdê-lo mais para frente. Se fosse último jogo do campeonato, talvez ele jogaria. Demos oportunidade ao Luan, mas uma coisa importante, independentemente dos nomes, é que mostramos uma identidade dentro da partida, Não dependemos de individualidade, dependemos do time. Aproveito para falar torcida, que foi espetacular hoje. Parte da vitória foi deles. Sentimos o apoio, o calor. Estamos juntos. Eles veem e sabem como o São Paulo joga, não se surpreendem com o que veem. Foi uma das primeiras coisas que falei quando assinei o contrato. Queria que o São Paulo tivesse uma identidade", afirmou o treinador.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista de Aguirre:

Everton lesionado e suspenso

Everton, para mim, é um dos jogadores mais importantes que nós temos. Foi um reforço espetacular, um excelente jogador. É difícil ter alguém desse nível, não tem. Mas são coisas que acontecem e temos que buscar alternativas.

O jogo

Perdemos situações claras no começo do jogo. No início do jogo, nos primeiros 30 minutos a superioridade foi total. Na finalização faltou algum detalhe. São coisas que acontecem. O importante é que fomos intensos, tivemos intenção clara de marcar e conquistamos o triunfo, sofrendo, e mantivemos a primeira colocação. 

Zaga

São jogadores de alto nível e jogar um ou outro não muda nada. Rodrigo Caio é jogador de seleção brasileira, um baita jogador, precisa pegar ritmo mas a qualquer momento vai estar dentro de campo. 

Bruno Peres

Foi uma variante que consideramos, ele tanto na linha de quatro defensiva, quanto como volante. Deu certo, mas Bruno Peres é um jogador de alto nível. É importante que em um mesmo jogo podemos fazer essas trocas. Fico feliz, também, porque ele está evoluindo jogo a jogo e não vimos ainda o melhor de Bruno Peres

Esporte