PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Suspensão chega ao fim e Pedro Ken pode pegar SP antes de novo julgamento

Meio-campista Pedro Ken defende o Ceará desde abril de 2017 - Bruno Aragão/CearaSC.com
Meio-campista Pedro Ken defende o Ceará desde abril de 2017 Imagem: Bruno Aragão/CearaSC.com

Demétrio Vecchioli e Marcello De Vico

Do UOL, em São Paulo e Santos

22/08/2018 12h00

O técnico Lisca tem um reforço importante à disposição para o jogo do próximo domingo (26), contra o São Paulo, no Morumbi, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Livre da suspensão de seis meses por doping, o meio-campista Pedro Ken deve ser relacionado para o confronto.

Porém, Pedro Ken pode voltar a virar desfalque dependendo do resultado do novo julgamento, que acontece um dia depois da partida contra o São Paulo, na segunda-feira (27).

O meio-campista foi punido pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) pelo uso de anastrozol. O teste foi realizado antes da partida contra o Santa Cruz, em 26 de setembro de 2017, pela Série B, e ele ficou suspenso entre 21 de fevereiro de 2018 e a última segunda (20).

Na atual temporada, Pedro Ken disputou apenas sete jogos com a camisa do Ceará, entre Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Caso entre em campo no domingo, será a sua primeira partida na Série A de 2018.

Pedro Ken não entra em campo desde fevereiro, quando recebeu a notificação de suspensão preventiva. Sua última partida pelo time alvinegro foi no dia 3 de março, contra o rival Fortaleza, pelo Campeonato Cearense.

Usado para combater os primeiros estágios de câncer de mama, o anastrozol é capaz de reduzir o estrogênio do corpo e é utilizado por homens para tratar o hipogonadismo — doença que compromete a produção hormonal pela secreção inadequada de testosterona pelos testículos.

Esporte