PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Estou sossegado", diz Valdir Bigode com seu futuro indefinido no Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/08/2018 23h45

À beira do campo no comando da equipe de maneira interina nesta segunda-feira, o auxiliar Valdir Bigode se auto avaliou como “sossegado” enquanto sua situação não é definida no Vasco. O ex-atacante e ídolo do clube defendeu sua performance na função, tendo acumulado agora uma vitória e três empates nas vezes em que foi solicitado.

“Tivemos um bom tempo para treinar. Não fomos felizes nas finalizações nesta partida. Sobre o meu futuro, estou sossegado, como sempre. Acho que tive um bom aproveitamento nas chances que eu tive. Nesse jogo faltou muito pouco para termos êxito”, avaliou.

Valdir negou que tenha acontecido alguma conversa em relação a uma possível efetivação, mas deixou claro que tem essa vontade.

“Sou funcionário interino do clube. Estamos tentando ajudar de todas as formas. A resposta é questão de tempo. Não sei responder. Vamos deixar o tempo correr. Tenho contato com o presidente toda hora. Mas não teve conversa sobre isso. Não tenho essa ansiedade, mas tenho esse desejo. Vamos passo a passo. No momento certo acho que vou ter a oportunidade”, disse.

O Vasco está sem um técnico oficial desde o dia 13, quando Jorginho foi demitido após a derrota para o Palmeiras por 1 a 0.

Nesta segunda, o Cruzmaltino empatou com o Ceará em 1 a 1 e está em situação perigosa no Campeonato Brasileiro, com 0 pontos e ocupando a 15ª colocação.

Esporte