PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Desfalques e ressaca por derrota desafiam São Paulo em sequência de "Copa"

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

27/07/2018 04h00

Os desafios para Diego Aguirre aumentaram na reta final da chamada sequência de "Copa do Mundo" que o São Paulo encara neste Brasileiro. Logo após a pausa de um mês no nacional para a disputa do Mundial da Rússia, o Tricolor venceu Flamengo e Corinthians. Já nesta quinta-feira (26), perdeu de virada para o Grêmio por 2 a 1. A série de quatro clássicos será fechada neste domingo, em Belo Horizonte, contra o Cruzeiro, quando o treinador uruguaio não vai poder contar com importantes peças de seu elenco.

No tropeço de Porto Alegre, o árbitro Grazianni Maciel Rocha advertiu Arboleda, Militão e Hudson com o amarelo. O trio já tinha dois cartões amarelos na competição e, por isso, vai ter de cumprir suspensão automática na próxima rodada. Desta maneira, o treinador vai ter de improvisar alguns jogadores para montar o seu sistema defensivo. 

Bruno Peres não havia viajado com o restante do elenco, pois ainda está em processo de adaptação. Porém, existe a possibilidade de ele encontrar com a delegação em Minas Gerais, e Aguirre adiantar a sua estreia para este domingo. Outra opção para a lateral direita seria improvisar o meio campista Araruna.

Na zaga, Bruno Alves ficará com a vaga de Arboleda - porém não há um reserva para o setor, pois Rodrigo Caio se recupera de cirurgia no pé esquerdo. Por fim, no meio de campo, Luan, recém-promovido da base, pode pegar o lugar de Hudson.

"Ainda não posso responder isso [se vai usar Bruno Peres], mas, às vezes as coisas mudam. A ideia era que ele ficasse para outra semana. Agora não posso falar que ele não estará para esse jogo. Vale para e ele e para os outros", disse Aguirre.Para complicar ainda mais, Anderson Martins, Reinaldo, Liziero e Nenê ainda estão pendurados com dois cartões amarelos. Apesar das adversidades, o diretor executivo de futebol do clube, Raí, destaca a qualidade do São Paulo.

"Temos um elenco ótimo e vamos nos superar", afirmou Raí, que não projeta contratações nos próximos dias. "Estamos contentes com esse elenco. Oportunidade só se tiver alguma peça que se encaixe bem, mas não vamos atras", completou o dirigente. 

Clima positivo

Apesar de o São Paulo ter mostrado empenho na derrota para o Grêmio, na última quinta-feira, e de o resultado não ser algo tão inesperado - por se tratar de um adversário de qualidade e de uma partida fora de casa -, o resultado negativo acabou com uma sequência que empolgava o torcedor e o elenco. 

Até o revés desta quinta, o São Paulo acumulava quatro vitórias consecutivas - sendo uma sobre o líder Flamengo, fora de casa, e outra no clássico com o Corinthians, por 3 a 1. Desta vez, a equipe vai jogar mais uma vez longe do Morumbi. 

"No vestiário falamos mais do jogo mesmo, gostei da reação. A preocupação que os jogadores tiveram também foi com os critério para os cartões", disse Raí.

Até mesmo para tentar não desgastar tanto o time, o São Paulo programou a sua preparação para a próxima partida longe da capital paulista. Nesta sexta-feira, o time treina em Porto Alegre. Na sequência, viaja para Belo Horizonte, onde treinará no sábado na Cidade do Galo.  

Esporte