PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Larghi valoriza triunfo com o Atlético-MG ainda em formação: "não é fácil"

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

26/07/2018 00h27

O técnico Thiago Larghi chamou atenção para dois pontos que ele considerou essenciais para a vitória do Atlético-MG por 2 a 0 diante do Paraná, no Independência. O primeiro deles foi a capacidade que os jogadores tiveram para superar a falta de entrosamento e fazer o dever de casa. O segundo ponto foi a paciência da torcida que, segundo o treinador, entendeu atuais dificuldades da equipe por se tratar de um time bastante modificado em relação ao primeiro semestre e ainda em formação.

"Gostaria de fazer um agradecimento à torcida que lotou o estádio, fez uma festa bonita e foi fundamental para que a gente conseguisse a vitória. Até porque tivemos várias dificuldades para armar a equipe, seja por causa das contusões ou suspensões, mas conseguimos portar bem em campo e somar os três pontos que eram muito importantes", iniciou o treinador, citando desfalques como Luan, Galdezani e Gabriel.

"Sei que não mostramos o melhor futebol, mas tive a compreensão da torcida, jogamos para vencer e levar os três pontos acima de tudo. Foi uma partida dura, o Paraná fez um grande jogo, mas soubemos nos portar para o espírito coletivo construir o resultado", acrescentou.

Apesar da volta de Leonardo Silva na zaga, autor do primeiro gol, Larghi teve um desfalque de última hora, já que o companheiro Gabriel foi vetado por causa de uma gripe. Não bastasse os desfalques por suspensão, o treinador ainda segue com dificuldades de entrosar a equipe, já que o time perdeu peças muito importantes na parada da Copa e entrou com atletas recém chegados, como Terans, José Welison e Yimmi Chará.

"Não é fácil montar um time, precisa de repetição, de treinamento e do jogo. Mas vitórias assim são importantes para ganhar confiança em conjunto. Ainda tivemos a perda do Gabriel, que teve um resfriado, o time foi muito mexido", concluiu.

Depois das derrotas para Grêmio e Palmeiras, essa foi a primeira vitória atleticana após a Copa do Mundo, assim como o primeiro triunfo de Larghi já como técnico efetivado. Com o resultado, o Galo foi aos 26 pontos e ganha pelo menos uma posição na rodada, ultrapassando o rival Cruzeiro que perdeu para o Corinthians. Nesta quinta-feira, o Internacional ainda entra em campo contra o América e pode retomar o terceiro lugar.

Esporte