PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Diretor corintiano mantém meta apesar de saídas: "vamos brigar por títulos"

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Do UOL, em São Paulo

26/07/2018 12h23

O diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, disse, em entrevista à “ESPN Brasil”, que o planejamento do clube para a temporada continua o mesmo apesar das recentes perdas de jogadores titulares.

Classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores e quartas da Copa do Brasil, o time corintiano é oitavo colocado do Campeonato Brasileiro, mas o dirigente ressaltou que o clube não pensa em priorizar nenhuma competição. A meta continua sendo brigar pelos três títulos e conquistar pelo menos um.

“Está dentro do planejamento. Conquistamos um título paulista, classificamos na Capa do Brasil, na Libertadores. Os objetivos (dentro de campo) estão sendo alcançados, apesar do Brasileiro que não começamos bem. Estamos trabalhando também para repor jogadores. É necessário paciência pelas mudanças que estamos passando”, disse.

“A Libertadores é muito importante, e é um dos objetivos (uma vaga na de 2019). Em termos de focar, o Corinthians é muito grande, Corinthians tem que entrar para ganhar os 3. A prova é este momento que estamos passando. Não vem tão bem no Brasileiro e temos toda essa pressão. Precisa jogar os 3 (campeonatos) para vencer. Buscamos mais um título (pelo menos) e a classificação (para a Libertadores). Todo o trabalho é feito para isso”, explicou.

Neste contexto, Duílio reforçou a confiança no técnico Osmar Loss, que teve um início irregular, mas desde a parada da Copa do Mundo levou o time a duas vitórias e uma derrota no Campeonato Brasileiro.

“Temos muita confiança, tudo tem um tempo, demora um pouco. Quando ele assumiu nos sete últimos jogos (antes da parada), a gente tinha 9 jogadores no DM (departamento médico). Tem que dar tempo para trabalhar. Teve tempo, e o resultado vai aparecer. Faz um grande trabalho, estamos satisfeitos. E vamos brigar por um título ou mais de um”, disse.

Para dar condições, ele promete que o Corinthians continuará atento ao mercado depois de perder boa parte dos titulares ao longo do ano, além de trocar quase toda a comissão técnica. “Temos uma preocupação sim (com a saída de jogadores), por ser um time valorizado pelas conquistas recentes, trabalhamos para não perder, mas se perder repor a altura”, explicou.

O primeiro a chegar deve ser atacante paraguaio Sergio Díaz, que foi emprestado pelo Real Madrid. “No futebol não podemos cravar antes de assinar os contratos. Está fazendo exames médicos, imaginamos que hoje ou até amanhã estar tudo certo para anunciar. Ele está voltando de lesão ligamento cruzado, não tenho informações ainda, mas as que vieram é do Real é que ele está voltando a campo, está curado de lesão e é mais questão de transição para o campo”, disse.

Ele ainda lembrou que Mosquito, que tem pré-contrato com o clube, deve chegar até setembro. “Existe um pré-contrato com o Mosquito, do Coritiba, que deve estar chegando final de agosto e começo de setembro. Mas observamos outras oportunidades. De imediato é isso, mas que o torcedor fique tranquilo”, afirmou.

Esporte