PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Scarpa recebe camisas do Flu e ignora vaias: "Sinal que tive importância"

Do UOL, em São Paulo

25/07/2018 21h36

Vaiado a cada toque na bola na derrota do Palmeiras por 1 a 0 diante do Fluminense, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, Gustavo Scarpa não se abateu. O meia, que trocou o clube carioca pelo alviverde em janeiro, não conseguiu ajudar sua equipe a buscar o empate, mas, ao deixar o gramado, recebeu das mãos de um dos assessores alviverdes um bolo de camisas do Flu, e falou sobre a "perseguição".

"Me senti privilegiado por ouvir vaias e gritos. Sinal de que tive certa importância, mas vida que segue", disse.

Scarpa rescindiu com o Fluminense na Justiça do Trabalho, em janeiro, alegando falta de pagamento de FGTS, e assinou com o Palmeiras. Os tribunais chegaram a reverter a decisão, devolvendo o atleta ao Flu, mas um último julgamento no Tribunal Superior do Trabalho o devolveu ao alviverde.

No primeiro reencontro com o seu ex-clube, o meia lamentou o resultado, mas reforçou que ainda espera um grande ano com a camisa do Palmeiras.

"Infelizmente não conseguimos a vitória, mas espero que a gente consiga vencer na sequência do campeonato e ter um grande ano".

O Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo, quando recebe o Paraná. Com a derrota, permanece com 23 pontos na competição.

Esporte