PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Contra o Fla, Santos quer evitar pior série e mais pressão por novo técnico

Serginho Chulapa comando o Santos enquanto diretoria busca substituto de Jair - Rivaldo Gomes/Folhapress
Serginho Chulapa comando o Santos enquanto diretoria busca substituto de Jair Imagem: Rivaldo Gomes/Folhapress

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

25/07/2018 04h00

O Santos busca diante do Flamengo, nesta quarta-feira (25), às 21h45 (de Brasília), mais do que a sua primeira vitória após o período de Copa do Mundo. A equipe tenta, na partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, evitar um tropeço que resultaria na pior série do ano e, consequentemente, um aumento de pressão para o novo técnico do clube, ainda sem definição.

A última vitória santista ocorreu em 13 de junho, diante do Fluminense, pouco antes da paralisação da competição devido o mundial na Rússia. Depois disso, o Santos não venceu mais. Tropeçou em quatro partidas: nos dois amistosos que disputou no México – derrota por 1 a 0 para o Monterrey e empate por 0 a 0 com o Querétaro – e nas duas últimas rodadas do Brasileiro – empates por 1 a 1 com o Palmeiras e por 0 a 0 com a Chapecoense, que culminou com a demissão de Jair Ventura.

A pior série sem vencer na temporada é de cinco partidas, de 17 a 31 de maio, que culminou com uma série de protestos e pedidos de mudança de treinador pelos torcedores. No período, derrotas para Luverdense-MT, São Paulo, Cruzeiro e Atlético-PR, além de um empate com o Real Garcilaso-BOL.

“Temos de mudar nossa postura. Estamos em um momento difícil, fazemos parte da demissão do Jair, porque jogamos e não conseguimos os resultados. Amanhã teremos uma nova oportunidade para conquistar a vitória”, disse o atacante Gabriel Barbosa.

Inicialmente, o Santos informou que tinha apenas dois focos para ocupar o cargo deixado por Ventura, afirmando serem apenas brasileiros e que a decisão seria tomada pelo ex-zagueiro e diretor executivo Ricardo Gomes.

O presidente José Carlos Peres trocou o discurso em relação a técnicos estrangeiros. Após descartar a opção, o dirigente disse, durante a apresentação do volante uruguaio Carlos Sánchez nesta terça-feira (24), em São Paulo, que pode, sim, contratar um treinador de outro país.

Entre os estrangeiros, Juan Carlos Osorio e Jorge Sampaoli foram os mais citados entre os santistas. Vale ressaltar que os "medalhões" brasileiros também não estão descartados: casos de Luiz Felipe Scolari, o Felipão, e Vanderlei Luxemburgo. O técnico Abel Braga, um dos preferidos, já afirmou que não assumirá nenhuma equipe no momento. Zé Ricardo também foi procurado e tem até um acordo alinhavado com a diretoria

Peres e companhia esperam fechar a contratação do novo treinador até o próximo fim de semana. Este é o prazo para o substituto de Jair Ventura chegar.

Ainda sem definição sobre o seu novo comandante, o Santos será dirigido por Serginho Chulapa. Na última atividade antes do confronto, o auxiliar manteve a equipe com quatro atacantes.

A dúvida recai sobre a escalação do lateral direito Victor Feraz. O jogador se queixou de um desconforto muscular e pode ser substituído por Daniel Guedes. O Santos já não poderá com o zagueiro David Braz e o meia Jean Mota, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

O Flamengo, por sua vez, busca a manutenção da liderança. Após vencer por 2 a 0 o clássico contra o Botafogo, no último sábado (21), a equipe contará com o retorno do meia Éverton Ribeiro, que cumpriu suspensão diante do rival.

A baixa do técnico Maurício Barbieri novamente será o atacante Marlos Moreno, que só realizou trabalhos na academia e sequer foi relacionado para o confronto.

O Santos ocupa a 15ª colocação, com 15 pontos, próximo a zona do rebaixamento, porém tem uma partida a menos, que será disputada contra o Vasco, na Vila Belmiro. O Flamengo lidera com 30 pontos, somente um a frente do São Paulo, segundo colocado.

FICHA TÉCNICA
Santos x Flamengo

Data: 25 de julho de 2018, quarta-feira
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (ambos da BA)

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Rodrygo; Gabriel Barbosa, Bruno Henrique e Eduardo Sasha. Técnico: Serginho Chulapa

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro, Matheus Savio e Guerrero. Técnico: Maurício Barbieri

Esporte