PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Voando após Copa, Arrascaeta se torna o maior artilheiro gringo do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

22/07/2018 21h08

Desde que o calendário brasileiro voltou após a Copa do Mundo, Arrascaeta não tem parado de brilhar pelo Cruzeiro. Ao contrário da atuação tímida no Mundial da Rússia, o meia foi decisivo em todas as partidas do time até aqui. Na vitória por 2 a 1 contra o Atlético-PR, neste domingo, o camisa 10 teve uma noite ainda mais especial porque se tornou o maior artilheiro estrangeiro da história da agremiação.

O Cruzeiro perdia por 1 a 0 quando Rafinha precisou de poucos segundos para entrar em campo e deixar Arrascaeta na cara do gol. O uruguaio tocou de cabeça e marcou seu 45º tento com a camisa estrelada. Desta forma, o meia se igualou ao boliviano Marcelo Moreno e sustenta agora o primeiro lugar na lista de maiores artilheiros gringos em toda a história celeste.

"Sem dúvida, foi um gol importante para sair vencedor e com os três pontos, que era o mais importante para mim. É sempre bom marcar, mas o mais importante foi a vitória", comentou brevemente o jogador.

Além da lista de goleadores gringos do clube, Arrascaeta também tomou a ponta em outro quesito. Ao marcar pela décima vez em 2018, o meia ultrapassou Thiago Neves e é o artilheiro isolado da equipe na temporada. Com o desempenho ainda instável após a Copa, o companheiro Thiago passou em branco nas últimas três partidas e permanece com nove gols.

Com o resultado, o Cruzeiro segue 100% após a Copa do Mundo, vence a segunda partida seguida e vai aos 24 pontos, dormindo no terceiro lugar e ultrapassando o rival Atlético-MG. Agora a Raposa terá dois compromissos longe de BH: contra o Corinthians, no meio de semana, e São Paulo, no final de semana.

Esporte