PUBLICIDADE
Topo

Esporte

F. Diniz vê justo empate do Atlético-PR na Bahia após "decisões erradas"

Atlético deixou Salvador com um empate após pressão do Bahia - Felipe Oliveira/Bahia Esporte Clube
Atlético deixou Salvador com um empate após pressão do Bahia Imagem: Felipe Oliveira/Bahia Esporte Clube

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

30/04/2018 11h17

O empate em 0 a 0 entre Bahia e Atlético Paranaense acabou sendo satisfatório para o técnico rubro-negro Fernando Diniz, que teve no goleiro Santos o maior destaque da sua equipe. Para ele, o Atlético encontrou um adversário com estilo propício para encaixar seu modelo de jogo, mas esbarrou em “decisões erradas” dos seus próprios jogadores.

“Foi tomada de decisão que o time teve errada. Principalmente no primeiro tempo”, analisou Diniz sobre a atuação da equipe, “A gente rompia a primeira linha de marcação do Bahia, que tentou marcar pressionando a partir do gol, que é um jogo que favorece o nosso estilo, só que a bola chegava no meio do campo, já com chances de atacar, e os jogadores tocavam a bola para o lado, o Bahia fazia o retorno defensivo e a gente tinha que recomeçar o jogo do zero. Principalmente o primeiro tempo faltou profundidade.”

Ainda assim, Diniz viu aspectos positivos na atuação atleticana em Salvador. “De maneira geral o time imprimiu sua característica. Jogar aqui é difícil. No segundo tempo a gente teve momentos bons também, poderia ter feito os gols. Foi um jogo muito aberto. Futebol não tem certo ou errado. É o jeito deles jogarem e a gente favoreceu. Acho que a gente poderia ter jogado melhor, mas acho que o jogo foi pra empate mesmo”, analisou.

Esporte