PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Luan revela pedido para jogar com reservas do Grêmio: "Precisava"

Meia-atacante negou que tenha solicitado para jogar em virtude de observação de Tite - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Meia-atacante negou que tenha solicitado para jogar em virtude de observação de Tite Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

28/04/2018 19h16

Luan pediu para jogar com os reservas do Grêmio diante do Botafogo, neste sábado (28), no Engenhão. Depois da derrota por 2 a 1, o meia-atacante revelou que solicitou a Renato Gaúcho minutos na terceira rodada do Brasileirão para melhorar o ritmo de jogo. O camisa 7, no entanto, negou que a atitude tivesse ligação com a presença de Tite no estádio - algo que não se confirmou pela estratégia do Tricolor de preservar titulares.

Principal jogador do time gaúcho, Luan não teve bom desempenho em meio a 10 reservas. Ainda assim, aprovou a atuação em busca de sequência depois de ser preservado em duas partidas recentes - contra Cruzeiro e Cerro Porteño.

"A gente já vinha conversando. Falei para ele que precisava jogar, que precisa de continuidade. Falei que nem que fosse para entrar… Infelizmente a gente saiu com a derrota. A gente ficou um pouco longe, não foi o nosso jogo. Não foi aquele jogo que estamos acostumados. Talvez pela falta de ritmo ou até entrosamento. A gente correu, tentou, mas não deu", disse Luan.

Além da busca por mais minutos, Luan tinha outro motivo para querer atuar. Tite, técnico da seleção brasileira, programou presença no Engenhão. A ida dele acabou sendo cancelada de última hora por conta da escalação com preservações ser alardeada nos últimos dias. De acordo com o meia-atacante do Grêmio, esse fator não pesou em sua atitude.

"Não, não… Em momento nenhum vou fazer isso de querer entrar para mostrar algo para o Tite. Eu tenho que estar bem. Não adianta estar mal e querer jogar só para mostrar. Eu estava precisando jogar, o Renato me aconselhou a ficar fora. Mas eu sou fominha, quero jogar a toda hora. Eu enchi o saco dele para jogar. Queria retomar o ritmo, ter sequência de jogos. E ele, a comissão técnica junto, viu que era viável", comentou o camisa 7 do Grêmio.

Renato Gaúcho também falou sobre a escalação de Luan e também não fez ligação com a possível observação de Tite.

"Qual explicação que eu vou dar? O Luan fica alguns jogos fora, ficou dois e retornou. Estava praticamente descansado. Pediu para jogar, jogou e jogou exatamente por isso. Não jogou alguns jogos atrás. Para ele, é bom recuperar o ritmo de jogo dele", respondeu.

Luan e o Grêmio voltam a jogar na terça-feira, em Porto Alegre, pela Libertadores diante do Cerro Porteño. O próximo compromisso no Brasileirão é contra o Santos, em 6 de maio.

Esporte