PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grohe não é vazado há mais de um mês e completa 750 minutos sem sofrer gol

O goleiro Marcelo Grohe comemora proximidade com recorde pessoal no Grêmio - REUTERS/Edison Vara
O goleiro Marcelo Grohe comemora proximidade com recorde pessoal no Grêmio Imagem: REUTERS/Edison Vara

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/04/2018 04h00

Ao fim do jogo contra o Goiás, na quarta-feira, o goleiro Marcelo Grohe completou uma marca importante. São 750 minutos sem sofrer gols. O camisa 1 do Grêmio foi vazado pela última vez há mais de um mês, nas quartas de final do Gauchão contra o Inter.

O jogo diante do Colorado ocorreu em 23 de março. Foi quando D'Alessandro, aos 22 minutos do segundo tempo do jogo em que o Grêmio avançou à semifinal sendo derrotado por 2 a 0 (havia vencido o compromisso de ida por 3 a 0). Desde então foram oito partidas inteiras sem sofrer um gol sequer.

Sem levar em conta os acréscimos são 743 minutos. Com o período agregado apenas do Gre-Nal, a marca bate em 750 minutos sem ter sua meta vazada.

"Procuramos não nos apegar às marcas, mas é legal, é bom para qualquer goleiro ficar sem sofrer gols. Divido o mérito com a equipe. Todos marcam forte, deste o ataque até a defesa. Sabemos que no futebol quando não se sofre gols se está mais perto da vitória. É continuar assim, com os pés no chão, e sempre atrás dos objetivos", disse o camisa 1.

Na próxima partida, contra o Botafogo, Marcelo pode já no início do segundo tempo atingir seu recorde pessoal. Em 2014 ele ficou 803 minutos sem ser vazado.

"Todos têm sua participação nisso. O Rogerião (Rogério Godoy, preparador de goleiros), juntamente com o Ênio, fazem um grande trabalho. O sistema defensivo. Há alguns dias eu falei: fico contente pelo que meus jogadores têm apresentado. O Marcelo tanto tempo sem levar gol, é muito legal. O Grêmio tem vários jogadores que podem estar na Copa do Mundo. Num momento decisivo, todos estão jogando muito bem. É mérito do ogador, mais do que do treinador. Espero que continuemos assim sem tomar gol. Temos um grande goleiro, uma segurança muito grande lá atrás", explicou o técnico Renato Gaúcho.

O Grêmio encara o Botafogo neste sábado às 16h (de Brasília), no Rio de Janeiro. 

Esporte