PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Não falei que quero sair", diz Abel sobre interesse do Internacional

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/11/2017 19h49

Na mira do Internacional para 2018, o técnico Abel Braga negou que esteja de saída do Fluminense. Após a derrota para o Sport por 2 a 1 no Maracanã, ele novamente falou sobre o assunto e mais uma vez condicionou sua permanência nas Laranjeiras ao projeto que a diretoria planeja para a próxima temporada.

“Não tem que ter especulação. Não falei que quero sair, ele (Pedro Abad, presidente do Flu) não disse que quer que eu vá. Temos que ter certeza pelo menos daquilo que vamos sonhar para o ano que vem. Os objetivos estão nos sonhos. E não se conquista com sorte. Conquista com muito trabalho, entrega. Não faltou jogador correr. Hoje corremos errado. Tudo isso é motivo de análise. Meu desejo é ficar”, disse.

Abel, que temc contrato com o Tricolor até o fim de 2018, reforçou que pretende definir seu futuro o mais rápido possível:

“Nessa semana agora nós definimos tudo. Quero ser o segundo treinador que mais vezes treinou o Flu. Será uma grande conquista para mim”.

O treinador admitiu que as manifestações nas redes sociais dos torcedores do Fluminense têm influenciado na decisão que tomará.

“Claro que levo em consideração, se há esse apoio da torcida nas redes sociais com minha equipe em 15º lugar... Tenho contrato em vigor. Nunca rompi contrato. Essas especulações todas que aconteceram, a mim não chegou nada. Ao Fábio também não. Quando chegou proposta da Europa, chamei o presidente e falei com ele. Me balançou, mas falei que não ia sair”, disse.

O Fluminense enfrenta o Atlético-GO, em Goiânia, no próximo domingo, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Esporte