PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Valdívia foi a boa notícia em derrota do Atlético-MG e pode virar titular

Do UOL, em Belo Horizonte

22/08/2017 11h00

O resultado no Maracanã não foi nada bom para o Atlético-MG. Derrotado pelo Fluminense, por 2 a 1, o time mineiro ficou mais distante do G-6, a diferença subiu de três para quatro pontos. Porém, nem tudo foi ruim para o Galo na noite de segunda-feira. A boa notícia foi a atuação de Valdívia, a melhor dele com a camisa atleticana.

Contratado em maio, por empréstimo, o meia chegou à Cidade do Galo cercado de expectativas após a boa passagem pelo Internacional. No entanto, após um começo ruim e sem boas apresentações, Valdívia foi perdendo espaço no Atlético. As chances se tornaram cada vez mais raras.

Contra o Fluminense, uma nova oportunidade para o camisa 20. Após um primeiro tempo muito ruim do Atlético, com três volantes, o técnico Rogério Micale sacou Roger Bernardo e colocou Valdívia no jogo. O meia entrou para atuar pelo lado esquerdo, deixando Cazares mais centralizado.

Parceria que deu certo. Valdívia foi bem pelo lado e tabelou com Cazares para marcar o primeiro gol dele com a camisa atleticana, na 11ª aparição. Além do gol e de outras boas jogadas, Valdívia quase marcou outro. O meia arriscou de longe e acertou o travessão, o que seria o gol da virada.

Após a boa atuação contra o Fluminense, Valdívia deu um passo importante para ganhar um lugar de titular no Atlético. Essa chance pode vir já contra a Ponte Preta.

“O Valdívia não fez uma boa partida só hoje. Fez uma boa partida contra o Grêmio também, foi destaque. Por isso está vindo, tenho colocado para jogar. É um jogador que quando entra, tem mostrado qualidade. Nada mais justo ter essa chance”, disse o treinador atleticano, que pode fazer o mesmo que fez com Rafael Moura, mantido como titular após a boa atuação contra o Flamengo.

“É uma questão de manter aquilo que deu certo. Fortalecer aquilo que vem dando certo”.

Esporte