PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tranquilo, Carille diz que lição de primeira derrota é usar mais as pontas

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

19/08/2017 18h28

O técnico Fábio Carille evitou o alarmismo após a primeira derrota do Corinthians no Campeonato Brasileiro, na partida contra o Vitória neste sábado, em Itaquera (revés de 1 a 0). O corintiano criticou o excesso de jogo de seu time pelo centro do campo, mesmo com a marcação adversária bloqueando as ações de ataque.

Para Carille, a missão do Corinthians será assimilar rapidamente a primeira derrota em 20 jogos no Brasileiro para tentar conquistar um bom resultado no próximo compromisso – na quarta-feira os líderes encaram a Chapecoense em Santa Catarina, em partida atrasada da tabela.  

“A gente procurou não desorganizar. A qualidade foi do adversário, de achar a bola e conseguir um contra-ataque. É para a gente se sentir orgulhoso. Alguns times vieram aqui e jogaram fechados, como Botafogo, Santos e São Paulo, mas a gente conseguiu resultados positivos. Faz parte, agora é levantar a cabeça fazer um grande jogo em Chapecó”, declarou o treinador corintiano.

“Quando olhar para esse jogo é entender que precisa ter mais paciência. Tentar o jogo pelos lados, mais pelos lados. A gente passou a centralizar muito, mas estava muito fechado. A gente chegou a pedir isso, de levar mais pelos lados. Acho que essa é a grande lição desse jogo”, acrescentou Carille.

O Corinthians defendia uma série de 34 partidas sem perder em 2017. A última derrota havia acontecido dia 19 de março, em Araraquara, diante da Ferroviária, ainda pelo Campeonato Paulista. Depois disso, o time venceu 21 partidas e empatou outras 13.

Desta forma, o Corinthians fica estagnado nos 47 pontos na tabela de classificação, oito a mais em relação ao Grêmio, segundo colocado – com o mesmo número de partidas disputadas. Os gaúchos entram em campo nesta rodada neste domingo, contra o Atlético-PR. O Vitória, por sua vez, segue em situação delicada na competição, dentro da zona de rebaixamento, mesmo com o êxito como visitante. O time baiano soma apenas 22 pontos até o momento.  

Esporte