PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Robinho se recupera de 3ª lesão no Cruzeiro e antecipa volta em 15 dias

Robinho, meio-campista do Cruzeiro - Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Robinho, meio-campista do Cruzeiro Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

23/07/2016 14h32

Robinho teve uma recuperação meteórica após sofrer a terceira lesão em menos de três meses no Cruzeiro. O meio-campista teve uma entorse grau 2 no tornozelo direito e tinha retorno às atividades previsto para 8 de agosto. Contudo, ele já está à disposição de Paulo Bento para o jogo deste domingo (24), diante do Sport, no Mineirão.

O atleta voltou a trabalhar com o elenco na quinta-feira (21), dia seguinte à partida contra o Vitória, pela terceira fase da Copa do Brasil. Como a volta foi precoce, a comissão técnica adotou cautela com a sua situação e não o confirmou para o duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A participação de Robinho ainda não foi confirmada, mas é provável que ele esteja, inclusive, entre os titulares do treinador português. Bento analisou a situação do atleta nessa sexta-feira, em entrevista coletiva:

“Ele tem condições (de atuar) por sua qualidade. Mas, com calma, iremos analisar. Ele tem sido irregular por problemas físicos, teve lesão muscular e, agora, uma lesão mais traumática, se recuperou mais cedo que o previsto”, afirmou.

“O Robinho está, neste momento, treinando sem problemas, mas veremos após o treino (de sábado) para decidir esta situação”, acrescentou, sem confirmar a presença do jogador na partida deste domingo.

Além da torção no tornozelo, Robinho teve outras duas lesões, mas ambas foram musculares. Logo após a sua contratação, ele sofreu um edema muscular na coxa direita e precisou de 32 dias para entrar em campo. O debute foi no empate diante do América-MG, pela quarta rodada do Brasileirão.

Após atuar em três compromissos (América, Botafogo e São Paulo), Robinho sofreu um problema semelhante – edema muscular na mesma perna – e se ausentou de seis partidas consecutivas, retornando à convocação de Paulo Bento para o jogo contra o Vitória, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Esporte