Topo

Esporte


Felipão reúne imprensa, analisa lances e volta a reclamar da arbitragem

Do UOL, em Porto Alegre

21/11/2014 17h31

O treinamento do Grêmio nesta sexta-feira (21) teve um momento atípico. Durante a atividade dos reservas no gramado, Felipão chamou a imprensa para a sala de conferências do estádio Olímpico e analisou lances da derrota para o Cruzeiro, por 2 a 1. Na conversa com os repórteres, o treinador reclamou que dois pênaltis em cima de Pedro Geromel não foram marcados pelo árbitro Vinicius Furlan.

De acordo com a rádio Guaíba, Scolari reuniu a mídia na mesma sala onde minutos antes conversou com o time titular do Grêmio. Usando o sistema de vídeo que serviu para o tricolor rever o confronto da 35ª rodada, o técnico exibiu dois lances. Um em cada tempo.

Pedindo para que os presentes não fizessem registros da conversa, sem fotos ou gravação de áudio, Felipão exibiu o lance que Barcos acertou a trave após um cabeceio. Na análise do técnico, Geromel foi puxado pela camisa por Léo. O pênalti reclamado ocorreu aos 25 minutos do primeiro tempo.

Depois, a câmera lenta foi utilizada para revisão de um lance após cobrança de escanteio do Grêmio na etapa final. Foi logo na sequência do gol perdido por Barcos cara a cara com Fábio e quando Geromel foi derrubado por um zagueiro dentro da área.

O reclame de Luiz Felipe Scolari com a arbitragem já havia ocorrido no pós-jogo, quando o treinador disparou contra o quarto árbitro Márcio Coruja.

"Nós não gostamos dele e ele não gosta da gente. E nós sabemos de que clube ele gosta. A federação tem que ter um pouquinho de inteligência", disse Scolari.

Os protestos do técnico e dos auxiliares Flávio Murtosa e Ivo Wortmann foram citados em súmula e podem resultar em gancho junto ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Mais Esporte