Topo

Esporte


Felipão abraça 'futebol feio', mas reconhece que Grêmio precisa jogar mais

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

22/10/2014 23h31

Após a vitória por 1 a 0 contra o Figueirense, nesta quarta-feira, pela 30ª rodada do Brasileirão, o técnico Luiz Felipe Scolari abraçou o 'futebol feio' apresentado pelo Grêmio. Segundo ele, o resultado é mais importante do que o nível de atuação. Mesmo assim, o comandante de campo reconheceu que sua equipe precisa ir melhor. 

"O 1 a 0 pode decidir, 1 a 1 não. Não podemos é estar longe do G-4. Jogamos para estar entre os primeiros, com os 3 pontos. Se der para jogar bonito, fazer com que todos saiam felizes, tudo bem. Mas o que me faz contente são os três pontos", afirmou o técnico. 
 
E a vitória contra o Figueira passou longe de ser bela. O gol de Barcos, marcado no fim do primeiro tempo, saiu graças a um pênalti polêmico que gerou muita reclamação. E o comandante de campo reconhece que é necessário fazer mais. 
 
"A superação foi grande. Mas se quisermos algo mais no campeonato, precisamos jogar melhor que hoje". disse Felipão. "Quanto a jogar bonito ou feio, isso é um assunto que não me preocupa. Fui contratado para organizar um time e ficar entre os quatro primeiros com o que tenho hoje. Não me preocupa jogar bonito. É muito fácil falar", disparou. 
 
O Grêmio volta a campo no sábado. Um ponto atrás do Atlético-MG, último do G-4, e com a mesma pontuação do Inter, 5º colocado, a meta da equipe tricolor é entrar no grupo de classificação para Libertadores buscando pontos fora de casa, contra o Coritiba. A partida da 31ª rodada está marcada para as 18h30. 
 

Mais Esporte