PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Com 17 rodadas no Z-4, Palmeiras tem pior desempenho de sua história nos pontos corridos

Felipão diz não saber o que fazer para melhorar a sua equipe - Leandro Moraes/UOL
Felipão diz não saber o que fazer para melhorar a sua equipe Imagem: Leandro Moraes/UOL

Do UOL, em São Paulo

10/09/2012 06h00

Nunca foi tão ruim. Desde 2004, quando começou a disputar a Série A no sistema de pontos corridos, o Palmeiras nunca esteve em uma situação tão complicada quanto a que está atualmente, na 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com apenas 20 pontos e aproveitamento de 29%, o time paulista está na 18ª colocação, a cinco pontos de deixar o Z-4. 

O cenário fica ainda pior quando o desempenho de todo Nacional é analisado. Preocupado demais com a Copa do Brasil no início e depois sofrendo os efeitos das lesões por causa de seus jogadores que foram ao máximo e atuaram mesmo sem estarem nas suas melhores condições, a equipe do Palestra Itália é também o segundo time que mais frequentou as quatro últimas posições, só à frente do Atlético-GO. São 17 rodadas em que os palmeirenses lamentaram ao olhar a tabela, contra 20 dos goianienses.

O PALMEIRAS NOS PONTOS CORRIDOS (EM % DE APROVEITAMENTO)

  • Arte/UOL

    Gráfico mostra % de aproveitamento do Palmeiras ano a ano nos pontos corridos

Felipão sabe que a situação de sua equipe é complicada. Ele diz não saber o que fazer para melhorar, apesar de ser considerado um dos melhores do país na atualidade. A situação é tão crítica que, pela primeira vez, ele falou em ficar em 2013. Tudo para defender a honra de sua equipe que pode estar na 2ª divisão na próxima temporada.

"Não sei se teve lua de mel com a torcida, mesmo com o título da Copa do Brasil. O torcedor sabe que fomos muito bem na Copa do Brasil e, neste momento, todos nós temos que ouvir. Se eles quiserem gritar nomes que façam. O que vamos falar se a gente está em uma situação que os números não mentem?", lamenta Scolari.

Se os números falam a verdade, o palmeirense precisa ficar ainda mais atento. Segundo o site Chancedegol, a probabilidade de que Alviverde dispute a 2ª divisão pela segunda vez na sua história é de 55%. Só Figueirense, Sport e Atlético-GO, são piores, com as chances de 86,1%, 86,9% e 90,9%, respectivamente.

"Criticar eles (torcida) podem criticar quanto quiserem e acharem necessário. Eles pagam, comparecem ao campo para ver o time ganhar, então eles podem criticar e nós que temos que fazer nosso trabalho. Por que dar bola para isso aí? Eles já têm o exemplo de 2002 (quando caiu), então, se quiserem, continuem gritando. Se for contra mim, ótimo, deixa os jogadores mais tranquilos", completou. 
 

Esporte