PUBLICIDADE
Topo

Luiz Felipe Scolari diz que vai continuar no Palmeiras se time for rebaixado

Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, diz que ficará com time mesmo se cair - AFP PHOTO/Yasuyoshi CHIBA
Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, diz que ficará com time mesmo se cair Imagem: AFP PHOTO/Yasuyoshi CHIBA

Do UOL, em São Paulo

09/09/2012 21h02

A nova derrota do Palmeiras, desta vez por 3 a 0 para o Atlético-MG, começa a preocupar o torcedor, a diretoria e a comissão técnica da equipe paulista. O rebaixamento passa a ser um assunto cada vez mais comentado. Por causa disso, Luiz Felipe Scolari fez questão de afirmar que ficará na equipe caso um desastre aconteça e seus comandados sejam rebaixados para a Série B.

"Estou trabalhando com a equipe neste estado. Vocês podem notar que os técnicos pediram demissão em outros sentidos e foram indenizados com 2, 3, 4 milhões. E eu, quando pensei em pedir demissão, não quis valor financeiro. Não é agora que eu vou sair. Se fomos campeões juntos, vou ficar junto também se formos rebaixados. Eu vou estar junto", disse Felipão.

O treinador, no entanto, afirmou que já pensou, sim, em deixar o comando da equipe em outros momentos. Ele lembra a eliminação contra o Guarani, no Campeonato Paulista, como u m dos momentos críticos.

"Não, dessa vez não pensei em pedir para sair. Mas, antes, sim. Quando o Palmeiras estava no Paulistão e também um pouco antes da Copa do Brasil eu conversei com eles e pedi para sair. Mas agora não. Não vou fazer absolutamente nada", completou.

O Palmeiras está, agora, em 18ª colocação, com 20 pontos, cinco atrás do Coritiba, a primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

Essa, aliás, é a primeira vez que Felipão fala em ficar em 2013. Até então, o treinador só falava que conversaria sobre uma possível renovação após o término de seu contrato, que acontece em 31 de dezembro de 2012. Arnaldo Tirone, no entanto, fala que já tentou conversar com o treinador para uma renovação. 

Esporte