PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Sem vaga na Sauber, Marcus Ericsson correrá na Fórmula Indy em 2019

Depois de quatro anos na Sauber, sueco correrá pela Schmidt Peterson Motorsports - @IndyCar/Twitter
Depois de quatro anos na Sauber, sueco correrá pela Schmidt Peterson Motorsports Imagem: @IndyCar/Twitter

Do UOL, em São Paulo

31/10/2018 19h10

O piloto sueco Marcus Ericsson anunciou nesta terça-feira (30) que irá disputar a temporada 2019 da Fórmula Indy pela Schmidt Peterson Motorsports.

Para o próximo ano, o time conta com três pilotos sob contrato – além de Ericsson, os canadenses James Hinchcliffe e Robert Wickens também têm compromissos assinados. No entanto, o destino de Wickens é incerto desde o acidente sofrido em 19 de agosto, durante as 500 Milhas de Pocono. Na última sexta-feira (26), ele revelou estar paraplégico depois da batida.

Piloto da Sauber na Fórmula 1 desde 2015, Ericsson ficou sem vaga na equipe para 2019, quando Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi formarão a dupla de titulares. O sueco correu também pela Caterham, em 2014.

No anúncio com a Schmidt Peterson Motorsports, o sueco comemorou o acerto a nova equipe. “É uma grande honra ser escolhido como um dos pilotos da Schmidt Peterson Motorsports e da Fórmula Indy para a temporada 2019”, disse, em comunicado divulgado pelo próprio time nesta terça.

“Sinto como se esse fosse o passo perfeito para mim e para minha carreira depois de cinco anos na Fórmula 1. Mal posso esperar para começar meu trabalho com a SPM e com as pessoas da equipe, sobre as quais eu ouvi muitas coisas boas”, acrescentou.

Já nesta quarta-feira, as redes sociais da Indy divulgaram as primeiras imagens de Ericsson na Schmidt Peterson Motorsports. O sueco já conheceu as instalações do time e o carro usado por James Hinchcliffe em 2018, realizando inclusive testes de assento.

A Indy é um destino cotado também para Fernando Alonso em 2019. Companheiro do espanhol na McLaren em 2017 e 2018, o belga Stoffel Vandoorne também deixará a Fórmula 1, mas com destino à Fórmula E.

Fórmula 1