PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Com chuva no fim do treino, Hamilton garante a pole para o GP da Bélgica

Lewis Hamilton durante o treino de classificação do GP da Bélgica - Geert Vanden Wijngaert/AP
Lewis Hamilton durante o treino de classificação do GP da Bélgica Imagem: Geert Vanden Wijngaert/AP

Do UOL, em São Paulo

25/08/2018 11h02

Na manhã deste sábado (25), os pilotos de Fórmula 1 entraram na pista de Spa-Franscorchamps para o treino classificatório para o Grande Prêmio da Bélgica. Após Raikkonen e Vettel liderarem as duas primeiras partes da qualificação, a chuva apertou e deu emoção ao final da decisão. Lewis Hamilton surpreendeu e garantiu a pole position.

Logo depois de conquistar o primeiro lugar do grid de largada, Hamilton declarou que foi uma das qualificações mais difíceis de sua carreira.

Os dez primeiros foram Hamilton, Vettel, Ocon, Pérez, Grosjean, Raikkonen, Verstappen, Ricciardo e Magnussen.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, e o alemão Nico Hulkenberg, da Renault, foram punidos na sexta-feira (24) e terão que largar no fim do grid de largada. A penalidade ocorreu por causa de mudanças nos motores dos, conforme anunciou a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

O Grande Prêmio da Bélgica está marcado para domingo, às 10h10 (de Brasília).

Q1

Na primeira parte do treino, a Ferrari, com Vettel e Raikkonen, e a Mercedes de Hamilton optaram pelos pneus macios. Enquanto isso, Valtteri Bottas entrou com pneus supermacios.

Raikkonen, Bottas, Hamilton, Vettel e Verstappen fizeram os cinco melhores tempos do Q1. Grosjean, Ricciardo, Leclerc, Magnussen, Ericsson, Ocon, Pérez, Hulkenberg, Hartley e Gaslyn completaram a lista dos classificados para a próxima etapa.

Sainz, Alonso, Stroll e Vandoorne fizeram os piores tempos e acabaram eliminados.

Q2

Para a segunda parte do treino, os carros da Ferrari entraram com pneus supermacios. Raikkonen fez o melhor tempo do final de semana e, de quebra, bateu o recorde da pista com 1min41s627 (o antigo era de Hamilton, em 2017, com 1min42s553). Logo em seguida, Vettel ultrapassou o companheiro com 1min41s501.

Vettel, Raikkonen, Hamilton, Bottas e Verstappen marcaram os cinco melhores tempos do Q2. Pérez, Grosjean, Ricciardo, Ocon e Magnussen completaram a lista de classificados para a última parte do treino classificatório.

Gasly, Hartley, Leclerc, Ericsson e Hulkenberg foram eliminados.

Q3

A chuva chegou no final do Q2, portanto a escolha dos pneus na última parte do treino classificatório foi importante. Alguns pilotos saíram com pneus slicks e supermacios.

Com o asfalto molhado, Bottas acabou escorregando e escapando da pista. Enquanto isso, Vettel foi aos boxes para trocar os pneus e a Red Bull também. Não deu para usar os slicks.

A chuva deu uma suavizada e os pilotos conseguiram diminuir os respectivos tempos, já que a condição da pista melhorou. Hamilton foi o mais rápido, com 1min58s179, e garantiu a pole position. Vettel não superou o britânico e ficou na segunda colocação.

Confira o grid de largada para o Grande Prêmio da Bélgica:

1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min58s179
2º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min58s905
3º Esteban Ocon (FRA/Force India) - 2min01s851
4º Sergio Perez (MEX/Force India) – 2min01s894
5º Romain Grosjean (FRA/Haas) - 2min02s122
6º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 2min02s671
7º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 2min02s769
8º Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - 2min02s939
9º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - 2min04s933

Foram eliminados no Q2
10º Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) - 1min43s844
11º Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso) - 1min43s865
12º Charles Leclerc (MON/Sauber) - 1min44s062
13º Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - 1min44s10

Foram eliminados no Q1
14º Carlos Sainz (ESP/Renault) - 1min44s489
15º Fernando Alonso (ESP/McLaren) - 1min44s917
16º Sergey Sirotkin (RUS/Williams) - 1min44s998
17º Lance Stroll (CAN/Williams) - 1min45s134
18º Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) - 1min45s307

Punidos
19ª Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 
20º Nico Hulkenberg (ALE/Renault) 

Fórmula 1