PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Em pista molhada, Hamilton se destaca e largará na pole no GP da Hungria

Segundo Lewis Hamilton, pista ainda tinha partes secas no início do treino classificatório - Reprodução/Twitter
Segundo Lewis Hamilton, pista ainda tinha partes secas no início do treino classificatório
Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

28/07/2018 11h03

Debaixo de chuva na maior parte do tempo neste sábado, em Budapeste, o inglês Lewis Hamilton virou 1min35s658 e garantiu a pole position do GP da Hungria, a 12ª etapa da temporada 2018 da Fórmula 1. O piloto da Mercedes larga na primeira colocação pela 77ª vez.

Houve intensa piora do clima ao longo da sessão, com reclamações pela presença de trechos de aquaplanagem, baixa visibilidade, sprays d'água nas viseiras e trocas por pneus de chuva. A previsão para domingo, quando a prova começa às 10h10, é de condições semelhantes.

A primeira fila, aliás, será da Mercedes, pois Valtteri Bottas fechou o treino classificatório em segundo lugar. A Ferrari está na segunda fila, com Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, e largam depois, em sequência, Carlos Sainz (Renault), Pierre Gasly (Toro Rosso), Max Verstappen (Red Bull Racing), Brendon Hartley (Toro Rosso), Kevin Magnussen (Haas) e Romain Grosjean (Haas).

Será a 33ª etapa do Grande Prêmio da Hungria, que teve sua primeira edição em 1986. O vencedor desta prova não ganha o título mundial desde 2004, com Michael Schumacher. Isso acontece, como explicou o UOL Esporte por conta das características do circuito, que não costumam premiar o melhor carro da temporada: são 14 curvas na pista de 4,3 km, o que torna o circuito travado, sem curvas de alta velocidade que testem a aerodinâmica do carro ou importância do motor.

No Q1, Vettel largou em vantagem por já ter saído com pneus intermediários. Foram eliminados: Stoffel Vandoorne, da McLaren, Charles Leclerc, da Sauber, Esteban Ocon e Sergio Perez, da Force India, e Sergey Sirotkin, da Williams. Já no Q2, ficaram pelo caminho Lance Stroll, da Williams, sem tempo porque rodou, Marcus Ericsson, da Sauber, Nico Hulkenberg, da Renault, Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Fernando Alonso, da McLaren - o espanhol, aliás, protagonizou um momento de tensão em conversa via rádio com mecânicos de sua equipe. Ao ser questionado sobre qual pneu colocar para a parte final, intermediários ou para chuva, o piloto disse: "Sei lá, coloque o pneu que quiser, não vamos sair de onde estamos."

Neste sábado, os três treinos livres foram com pista seca, mas as condições mudaram ao longo da sessão classificatória. 

Veja o grid de largada para o GP da Hungria:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
2º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
3º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
4º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
5º - Carlos Sainz (ESP/Renault)
6º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso)
7º - Max Verstappen (HOL/Red Bull Racing)
8º - Brendon Hartley (NZE/Toro Rosso)
9º - Kevin Magnussen (DIN/Haas)
10º - Romain Grosjean (FRA/Haas)
11º - Fernando Alonso (ESP/McLaren)
12º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull Racing)
13º - Nico Hulkenberg (ALE/Renault)
14º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber)
15º - Lance Stroll (CAN/Williams)
16º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren)
17º - Charles Leclerc (MON/Sauber)
18º - Esteban Ocon (FRA/Force India)
19º - Sergio Perez (MEX/Force India)
20º - Sergey Sirotkin (RUS/Williams)

Fórmula 1