PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Alonso aprova nova McLaren: "Motor corre, o carro corre e estamos felizes"

Fernando Alonso, pela primeira vez, se mostrou confiante com a McLaren - Zsolt Czegledi/AP
Fernando Alonso, pela primeira vez, se mostrou confiante com a McLaren
Imagem: Zsolt Czegledi/AP

23/02/2018 13h49

Ano novo, vida nova. Pelo menos aparentemente. Depois de dar as primeiras voltas no cockpit da nova McLaren, Fernando Alonso, enfim, se mostrou satisfeito com um carro da escuderia que defende desde 2015. O espanhol aprovou o primeiro contato com o MCL33.

“O mais importante de tudo é a parte emocional. Estamos orgulhosos do trabalho da equipe. O motor corre, o carro corre e todos estamos felizes”, elogiou Fernando Alonso, ainda ajustando o carro a si.

“Falta corrigir o ponto em que sinto o carro, os pedais e a questão da temperatura, além de algum ajuste na carroceria. Mas até agora tudo está indo bem, já que pudemos dar uma volta lançada e colocar o carro na máxima velocidade”, acrescentou o piloto espanhol.

Fernando Alonso vive a pior fase da carreira na escuderia britânica. Com exceção ao ano de estreia na F1 (2001) com a Minardi, quando terminou o campeonato mundial em 23º, o espanhol obteve os piores resultados com a McLaren – 17º (2015), 10º (2016) e 15º (2017).

O bicampeão mundial nunca escondeu a irritação com a falta de competitividade da McLaren, que encerrou a parceria com os motores Honda para este ano. Sem o propulsor japonês, alvo de inúmeras críticas, o competidor das Astúrias se mostrou com outro espírito depois das primeiras voltas com o carro.

“A mensagem aos fãs é que os bons tempos devem chegar”, encerrou um confiante Alonso, algo raro desde a chegada do espanhol à equipe.

Fórmula 1