PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Terceiro no grid, Ricciardo fala em ameaçar as Mercedes no GP da Hungria

Daniel Ricciardo acredita que conseguirá dar trabalho para a Mercedes - Mark Thompson/Getty Images
Daniel Ricciardo acredita que conseguirá dar trabalho para a Mercedes Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Julianne Cerasoli

De Budapeste, na Hungria

23/07/2016 11h48

Daniel Ricciardo aposta que pode rivalizar com as Mercedes e lutar pela vitória no GP da Hungria. O australiano, que venceu em Budapeste em 2014 e se classificou em terceiro no grid, confia que o ritmo de corrida de sua Red Bull é o melhor do que o de uma volta lançada.

Perguntado após a classificação se pensa em lutar pela vitória, o piloto disse que sim.

“Esse é o plano. Estivemos perto nos últimos anos e acredito que estamos ainda mais próximos neste ano. Na corrida pode ser interessante porque meu ritmo de corrida era muito bom, então estou torcendo para uma corrida animada.”

Mesmo dizendo-se satisfeito com o terceiro posto, obtido em uma classificação complicada, com momentos de pista molhada e seca, Ricciardo foi um dos pilotos atrapalhados pela bandeira amarela causada por uma rodada de Fernando Alonso nos momentos finais.

“Fiquei triste porque vinha melhorando meu tempo e fico imaginando o que poderia ter conseguido sem a bandeira amarela.”

A chuva fez com que a primeira parte da classificação durasse mais de uma hora, após três acidentes - e atrapalhou a programação alimentar do australiano. Perguntado o que sentia após uma sessão tão longa, o piloto brincou. “A única coisa que eu sinto é fome porque não almocei e agora estou com fome.”

O GP da Hungria começa às 9h do domingo pelo horário de Brasília. 

Fórmula 1