PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Pilotos reclamam de reforma na Hungria e pedem mais pistas 'imperfeitas'

Efe
Imagem: Efe

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Budapeste (HUN)

22/07/2016 07h43

Como parte de um projeto para renovar o circuito de Hungaroring, utilizado pela Fórmula 1 desde 1986, o asfalto, conhecido pelas ondulações em determinados pontos, foi totalmente recapeado e as zebras também foram alteradas em algumas curvas. Mas os pilotos não gostaram da novidade. Para eles, as imperfeições ajudavam a caracterizar o circuito de Hungaroring.

“Não me importo das zebras serem novas, mas elas são as mesmas que estão sendo colocadas em todos os circuitos e isso é um pouco triste”, defendeu Sebastian Vettel. “E é o mesmo com o asfalto. De certa forma, fazia parte da característica da pista da Hungria ser ondulada e seria uma pena se todas tiverem ido embora. É o mesmo com as zebras: elas ajudam a dar alma a cada circuito, e se começarmos a usar sempre as mesmas, a sensação em todas as pistas será a mesma. Acho que é esse tipo de coisa que faz com que seja possível que nós, dentro do carro, façamos alguma diferença. Então é triste que estejam igualando tudo.

Lewis Hamilton, que venceu quatro vezes na Hungria, concordou com o alemão. “É como trocar a Muralha da China por uma nova, não será a mesma coisa”, comparou. “Queria que eles não tivessem mudado e tivessem economizado o dinheiro. A pista era incrível antes, quanto mais velha, melhor a pista vai ficando.”

Falando ao UOL Esporte, Daniel Ricciardo salientou que a alteração do asfalto em um autódromo não é tão ruim quanto em uma pista de rua, e citou o exemplo de Mônaco e suas ondulações.

“Não sou um grande fã de quando eles mudam o asfalto das pistas. Acho que não é um problema tão grande quanto em uma pista como Mônaco. Então todas as ondulações desapareceriam e isso faria com que a pista perdesse muito de suas características. Aqui, a curva 5 sempre foi difícil porque era ondulada, mas fazia parte da pista. Tomara que a sensação seja a mesma. Mas se for mais rápido, sempre nos divertimos mais”, lembro o australiano, outro que costuma andar bem em Budapeste.

A classificação para o GP da Hungria, décima etapa do campeonato, começa às 9h do sábado, pelo horário de Brasília, mesmo horário da corrida, no domingo.

Fórmula 1