PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Técnico do Defensa usa até o xadrez para tentar surpreender o Palmeiras

Técnico do Defensa y Justicia, Sebastián Beccacece joga xadrez, uma de suas paixões - Reprodução web
Técnico do Defensa y Justicia, Sebastián Beccacece joga xadrez, uma de suas paixões Imagem: Reprodução web
Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

07/04/2021 08h08Atualizada em 07/04/2021 08h24

O Defensa y Justicia enfrenta o Palmeiras em Florencio Varela, na periferia de Buenos Aires, às 21h30 de hoje (7) pela partida de ida da Recopa Sul-Americana. A estratégia da equipe está bem desenvolvida. Ao menos é o que projeta o técnico Sebastián Beccacece, que incorporou o xadrez ao seu repertório de trabalho no final do ano passado.

Beccacece foi um dos milhões de telespectadores da série Gambito da Rainha, enorme sucesso também na Argentina. Fã de xadrez na infância e adolescência, ele voltou aos tabuleiros com fúria para "afinar o raciocínio". "É excelente para a estratégia e para a capacidade de tomar decisões rápidas", afirmou ao site do Racing no final do ano passado, quando dirigia a equipe e carregava seus tabuleiros para cima e para baixo. "Sou daqueles que está disposto a jogar e ocupar a cabeça com um mundo que é realmente sensacional e exige uma concentração que custa muito manter hoje em dia, com tanta distração e cansaço."

O apreço do treinador pelo xadrez foi tamanho que ele inclusive organizou torneios com os jogadores de todas as categorias do Racing - dos profissionais aos juvenis, algo que repete no Defensa y Justicia sempre que a rotina nos gramados permite. "Muitos pensam que o xadrez é aquele jogo demorado, interminável, mas hoje com os tempos mais curtos para cada jogador, é ótimo para treinar a rapidez e a capacidade de agir sob pressão, um complemento excelente para o futebol."

beca - Divulgação Racing  - Divulgação Racing
Sebastián Beccacece participa de torneio de xadrez nos seus tempos de Racing
Imagem: Divulgação Racing

É bom que o treinador esteja disposto a agir de maneira criativa, porque o poder das suas peças é inegavelmente inferior ao do Palmeiras. O goleiro Unsain é o ponto fraco do time, como demonstrou com sucessivas falhas na derrota por 2 a 1 diante do Boca no último sábado pela Copa da Liga Argentina. A defesa é composta por uma linha de quatro jogadores: Breitenbruch (Britez), Frias, Meza e Benítez. No meio, Paredes, Loaiza, Enzo Fernández e Pizzini. A dupla de ataque será Walter Bou e Brian Romero, poupado contra o Boca por vir de lesão muscular.

O segundo jogo deste "match" da Recopa para Beccacece será na quarta que vem, em Brasília, também às 21h30.