PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

E aí, Medina e Kelly Slater... vacinados? Ou vão perder a temporada 2022?

Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial - World Surf League via Getty Imag
Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial Imagem: World Surf League via Getty Imag
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

06/01/2022 04h00

Acredite: o maior de todos os tempos ainda não está imunizado contra a covid. Ou pelo menos, não estava até bem pouco tempo atrás.

Kelly Slater, que vai completar 50 anos em fevereiro, é mais um atleta de ponta que preferiu não se vacinar.

Eu considero a escolha um absurdo... e, na minha opinião, é uma discussão que nem deveria existir.

Mas a ideia aqui não é polemizar o tema, afinal, a decisão, apesar de criticada, é permitida nos Estados Unidos, país onde ele vive.

Kelly - GettyImages - GettyImages
Kelly Slater perdeu etapa no Havaí em dezembro por não estar vacinado
Imagem: GettyImages

Em outros esportes, a história foi a mesma. Na NBA, por exemplo, Kyrie Irving, uma das principais estrelas da liga, também teve postura negacionista, foi multado pelo seu time, o Brooklyn Nets, e ficou fora de vários jogos.

Então, foco no mérito esportivo mesmo.

No final do ano, Slater não pôde competir em Haleiwa, na etapa que fechou o circuito do Challenger Series e calendário da World Surf League em 2021.

O motivo? No Havaí, a imunização completa é obrigatória para os surfistas. PARA TODOS!!!

Vale lembrar: no ano passado, o tricampeão Gabriel Medina perderia a etapa de Teahupoo, por não estar vacinado.

Gabriel - WSL - WSL
Gabriel Medina, durante etapa do mundial de surfe
Imagem: WSL

Só não perdeu, porque a passagem da WSL pelo Tahiti foi cancelada, justamente por causa do aumento de casos de coronavírus.

Que eu saiba, Medina não declarou oficialmente se tomou ou não as doses contra a covid. Espero que tenha tomado... por todos os motivos que esse debate tem se desenrolado nos últimos meses. Enfim...

Mas voltamos ao Mundial.

Vem aí, a nova temporada... que começa justamente... no HAVAÍ.

Serão dois eventos na sequência por lá: em Pipeline e Sunset Beach.

Se a determinação não for alterada, o 11X campeão mundial e todos os NÃO vacinados ficarão fora.

pipeline - WSL                             - WSL
Pipeline, Oahu, Hawaii
Imagem: WSL

Tem mais. Em abril, o tour desembarca na Austrália.

E vocês estão vendo o que está rolando com o Novak Djokovic, né?

Os organizadores do Aberto da Austrália fizeram uma exceção e chegaram a dar o aval para ele disputar o torneio que já venceu 9 vezes. Afinal, ele é o número 1 do mundo, uma estrela para o campeonato. Mas o governo australiano foi firme, seguiu as normas sanitárias e não permitiu a entra do tenista sérvio no país.

Ainda tem tempo, mas duvido que as autoridades locais alterem as regras. Então, seriam mais dois eventos tradicionalíssimos perdidos, em Bells Beach e Margaret River.

Ou seja, 4 de 10 disputas perdidas... e a temporada já era, certo?

SIM!!

Margaret - WSL - WSL
Filipe Toledo durante a vitória em Margaret River no ano passado
Imagem: WSL

Já que há um detalhe não menos importante. Neste ano, a novidade no Mundial será o corte no meio do calendário.

A partir da 6ª etapa, o número de atletas no masculino irá cair de 36 para 24 competidores. Só os melhores vão seguir na elite em busca das 5 vagas no WSL Finals, em busca do título.

Kelly - Getty Images - Getty Images
Kelly Slater, maior vencedor da história do surfe
Imagem: Getty Images

Em quase todos os últimos anos, existe a dúvida/debate se Kelly Slater vai ou não continuar no circuito.

Desta vez, a resposta não é difícil. Basta saber se ele estará ou não vacinado.

O show tem de continuar. As estrelas são quase indispensáveis.

Mas a saúde tem que sempre ser prioridade.

E se O CARA virou as costas para o mundo...

Não sentirei nenhuma falta dele nas baterias!!!

E eu que achava que nunca diria isso.

por @thiago_blum / @surf360_