PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

'Show must go on': Mundial continua com busca por vagas na elite da WSL

Ian Gouveia voa em Fernando de Noronha - WSL
Ian Gouveia voa em Fernando de Noronha Imagem: WSL
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

19/09/2021 19h19

Menos de uma semana após Gabriel Medina e Carissa Moore conquistaram o título, a galera do mundial volta para a água.

A missão é bem diferente dos 10 finalistas do Mundial, mas não menos complicada.

96 homens e 64 mulheres começam amanhã a corrida para estar na divisão principal da WSL no ano que vem.

O circuito do 'Challenger Series' terá só 4 etapas. Começa nos Estados Unidos, passa por Portugal e França, e termina no Havaí.

Apenas os 12 melhores classificados do masculino e 6 do feminino garantem vaga no Championship Tour 2022.

A largada acontece a partir desta segunda, com o tradicionalíssimo 'US Open of Surfing', no clássico pier de Huntington Beach, na Califórnia.

O Brasil é claro, vai com tudo. Serão 22 representantes no evento.

No time, gente do CT 2021 - que já se reclassificou ou que busca a última chance de se manter.

Vários que já sentiram o prazer de disputar o 'Tour dos Sonhos' e estão loucos para a voltar.

Experientes que nunca chegaram. E novatos cheios de gás.

Samuel Pupo - WSL - WSL
Samuel Pupo durante etapa do WQS
Imagem: WSL

Miguel Pupo é o único da turma que já está tranquilo.

Caio Ibelli, Peterson Crisanto e Alex Ribeiro formam o trio de craques que não se deu tão bem na temporada. Mas todos com ótimas chances de dar a volta por cima.

Ian Gouveia, Jessé Mendes, Wiggolly Dantas, Michael Rodrigues, Willian Cardoso e Alejo Muniz estão de olho no retorno.

Thiago Camarão, João Chumbinho, Weslley Dantas, Rafael Teixeira, Samuel Pupo, Edgard Groggia, Lucas Vicente, Luel Felipe Mateus Herdy e Lucas Silveira, querem a vaga inédita.

Alguns já provaram o gostinho. Mateus Herdy por exemplo, ficou em 3º e foi o grande nome da etapa de 'Barra de La Cruz' no México, que fechou a temporada regular do CT 2021.

No feminino, nossa equipe é bem menor.

A novata Summer Macedo se junta à experiente Silvana Lima, para quem sabe reforçar o elenco verde e amarelo, que neste ano só contou com a vice-campeã mundial Tatiana Weston-Webb.

Huntington Beach - WSL - WSL
Huntington Beach, Califórnia (EUA)
Imagem: WSL

No total, 160 surfistas de 22 países vai participar da abertura do WSL Challenger Series 2021.

No masculino, são 96 inscritos de 19 países. Muitos deles, caras conhecidas nas grandes competições. A Austrália terá 13 surfistas, com destaques para Jack Robinson, Wade Carmichael e Connor O'Leary. O Havaí terá 11 atletas, entre eles, Sebastian Zietz, Ezekiel Lau e Keanu Asing. Medalha de prata na Olimpíada de Tóquio, Kanoa Igarashi lidera o time japonês.

Completam a lista, França com 8, África do Sul com 6, Japão com 5, Tahiti com 3, Indonésia com 2 e México, Costa Rica, Barbados, Portugal, Espanha, Holanda, Marrocos e Nova Zelândia, com 1 competidor cada.

Na categoria feminina, são 64 surfistas de 17 países, três deles sem nenhum atleta na masculina: Equador, Alemanha e Porto Rico.

O Brasil tem 5 títulos do 'US Open of Surfing'.

Filipe Toledo foi bicampeão em 2014 e 2016.

Alejo Muniz venceu em 2013 e Tatiana Weston-Webb em 2016.

O último a levantar a taça foi esse aí da foto abaixo, Yago Dora, imbatível nos aéreos em 2019.

Yago Dora - WSL - WSL
Yago Dora, campeão do US Open 2019
Imagem: WSL

Confira o calendário completo do WSL Challenger Series 2021:

1) 'US Open of Surfing' - 20 a 26/9, em Huntington Beach - Califórnia, Estados Unidos.

2) 'MEO Vissla Pro Ericeira' - 02 a 10/10, em Ribeira D'Ilhas - Ericeira, Portugal

3) 'Quiksilver Pro France' - 16 a 24/10, em Hessogor, França

4) 'Haleiwa Challenger' - 26/11 a 07/12, em Haleiwa, Havaí