PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Soares e Murray levam virada e ficam com o vice no US Open

Bruno Soares e seu filho, Noah, com o prato de vice-campeão do US Open - Getty Images
Bruno Soares e seu filho, Noah, com o prato de vice-campeão do US Open Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

10/09/2021 14h52

Bruno Soares, campeão do US Open no ano passado, e seu parceiro, o escocês Jamie Murray, fizeram um belíssimo início de jogo na final do torneio nova-iorquino, nesta sexta-feira, mas não conseguiram segurar a reação do americano Rajeev Ram e do britânico Joe Salisbury e acabaram derrotados por 3/6, 6/2 e 6/2.

Cabeças de chave número 4 neste US Open, Ram e Salisbury conquistam, assim, seu segundo título de slam juntos. Eles também foram campeões do Australian Open do ano passado. Este ano, americano e britânico também fizeram a final em Melbourne, onde bateram Bruno e Jamie na semi, mas acabaram derrotados.

Para Soares e Murray, que deram o prato de vice-campeões para Noah, filho do brasileiro, levantar no Estádio Arthur Ashe, foi a terceira final de slam como parceria. Em 2016, eles foram campeões do Australian Open e do US Open. O mineiro de 39 buscava seu sétimo título de slam na carreira. Nas duplas, além das conquistas com Jamie, ele venceu o US Open do ano passado ao lado do croata Mate Pavic. Nas duplas mistas, Bruno triunfou no US Open ao lado da russa Ekaterina Makarova, em 2012, e da indiana Sania Mirza, em 2014, e no Australian Open, em 2016, junto com a russa Elena Vesnina.

Como aconteceu

O primeiro começou com dois break points para Bruno e Jamie no saque de Ram, mas as duas chances se foram graças a um voleio de Salisbury e um winner de Ram, que acertou as costas do brasileiro. Pouco depois, americano e britânico tiveram um break point, mas um belo saque de Soares e um voleio de Murray resolveram o problema.

Como fizeram em todo torneio, brasileiro e britânico estavam com as devoluções afiadas, o que colocava pressão constante nos rivais. No sétimo game, após um voleio errado de Salisbury, outra chance de quebra foi conquistada. Desta vez, Jamie não perdoou. Ganhou uma disputa na rede e converteu a oportunidade. No game seguinte, Bruno confirmou o serviço e consolidou a vantagem da dupla, que abriu 5/3. O momento era favorável, e brasileiro e britânico venceram seu quarto game seguido quando Soares encaixou uma ótima devolução, forçando um erro de Ram para fazer 6/3.

O jogo mudou radicalmente no segundo set, com Ram e Salisbury adotando uma postura agressiva e finalmente conseguindo sucesso nos games de devolução. E se Bruno e Jamie tinham acabado de vencer quatro games seguidos, foi a vez de os adversários fazerem o mesmo, quebrando brasileiro e britânico. Com 4/0 de vantagem, Ram e Salisbury seguiram firmes até fazer 6/2.

Os cabeças 4 continuaram melhor quando o terceiro set começou. Jamie e Bruno ainda saíram de 0/40 no primeiro game, no saque do escocês, mas Salisbury encaixou uma ótima devolução para chegar a um quarto break point e, em seguida, ele mesmo venceu um duelo na rede com Soares. Na reta final, Salisbury brilhou ainda mais. No sétimo game, o britânico fez um lob vencedor, um winner de devolução e, pouco depois, converteu mais um break point com um voleio que praticamente garantiu o título.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis como esta.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.