PUBLICIDADE
Topo

Marluci Martins

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Ídolos do Flamengo apoiam Renato Gaúcho em resposta a Jesus

Renato Gaúcho reclama de pênalti, em partida entre Grêmio e Flamengo - Pedro H. Tesch/AGIF
Renato Gaúcho reclama de pênalti, em partida entre Grêmio e Flamengo Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF
Marluci Martins

Marluci Martins começou no jornalismo esportivo em 1988 e cobriu seis Copas do Mundo (1994, 1998, 2006, 2010, 2014 e 2018), pelos Jornais O Dia, Extra e O Globo. Foi setorista dos quatro grandes clubes do Rio e, apaixonada por futebol, frequentou estádios nos mais variados endereços – com a caneta ou a bandeira. Em primeira mão, anunciou as aposentadorias de Romário e Ronaldinho Gaúcho, entre outros furos marcantes da carreira, como a primeira entrevista com o então treinador Ricardo Gomes pós-AVC. Para ela, a rede de internet é como a do futebol: desperta alegria e tristeza, amor e raiva. Que não nos falte o fair play.

26/08/2021 14h56

A vitória do Flamengo sobre o Grêmio por 4 a 0, na última quarta-feira (25), pela Copa do Brasil, com um homem a menos e construída no segundo tempo, na casa do adversário, deu combustível a uma dúvida que cerca os rubro-negros desde a chegada de Renato Gaúcho: aonde esse time pode chegar?

Anunciado no dia 10 de julho como substituto de Rogério Ceni no comando do Flamengo, Renato precisou de pouco tempo para dar esperança aos órfãos de Jorge Jesus. As goleadas incontestáveis, o bom ambiente no vestiário e a recuperação da autoestima de jogadores que exerciam no máximo o papel de coadjuvantes impulsionam o trabalho.

E, aparentemente, já despertam ciúmes em Jorge Jesus que, em entrevista para o SBT, mandou suas farpas, ao decretar que Renato "nunca" repetirá sua história. Não é o que pensam cinco ex-jogadores que honraram o manto rubro-negro e foram ouvidos pela coluna.

Em tempo: em 13 meses, Jesus conquistou a Copa Libertadores (2019), o Campeonato Brasileiro (2019), a Supercopa do Brasil (2020), a Recopa Sul-Americana (2020), a Taça Guanabara (2020) e o Campeonato Carioca (2020).

Veja o que pensam Zico, Junior, Raul Plassmann, Romário e Bebeto:

ZICO: 'RENATO ESTÁ BEM PERTO DA LIBERTADORES, DA COPA DO BRASIL E DO BRASILEIRO'

"O futebol dá muita volta, tudo pode acontecer. Capacidade, qualidade, o Renato tem para, com esse time que tem na mão, conseguir todos os títulos que são possíveis de alcançar. Está bem perto não só da Libertadores como da Copa do Brasil e do Brasileiro. Na vida não se pode dizer que o outro não vai conseguir isso ou aquilo. Realmente, foi um feito muito grande que o Jorge Jesus conseguiu, mas outros podem conseguir também. Muitas vezes demora, às vezes não. O time está jogando muito bem, pode muito bem conseguir essas conquistas aí."

JÚNIOR: 'PREPOTÊNCIA DO JESUS... RENATO TEM CONDIÇÕES DE FAZER ESSE TIME CAMPEÃO MUNDIAL'

"Foi uma declaração fora de hora e de contexto. Parece uma demonstração de soberba, de prepotência por parte do Jorge Jesus, que não precisa disso, pois já entrou na história do Flamengo. É um dos grandes treinadores, principalmente pelos resultados e a forma como o time jogava, que encantou todos nós. Renato tem um mérito muito grande nessa sua chegada, que foi resgatar um pouco do que aquele time fazia. Não consegue com a mesma assiduidade, mas os resultados são bastante favoráveis a ele, ainda mais agora que chegaram alguns reforços. Mesmo não conseguindo fazer o time jogar como o de 2019, comandado pelo Jesus, Renato tem plenas condições de fazer esse time campeão da Libertadores e campeão Mundial. E será que ele não vai ser considerado igual ou melhor, então, do que o Jorge Jesus? É essa a pergunta que fica no ar. Pergunte ao torcedor do Flamengo se Renato não vai estar, como diz o Bruno Henrique, em um patamar acima, caso ele conquiste esses títulos."

RAUL PLASSMANN: 'JESUS TERIA GRITADO; RENATO PREFERIU PENSAR'

"O jogo de ontem (25/08) mostrou que Renato pode (repetir a história de Jesus). O Renato "jogou" muito. Foi inteligente ao esperar terminar o primeiro tempo pra mexer no time, e, ao tirar o Arrascaeta, foi ousado como precisava ser. Mesmo com dez, não abriu mão de ganhar o jogo. O Jorge (Jesus) teria gritado muito nestas condições. O Renato preferiu pensar. Teve calma como deve ser quando se sabe que há recurso no banco."

BEBETO: 'JESUS NÃO PODE FALAR ISSO. OLHA COMO O TIME ESTÁ JOGANDO'

"Ele não pode nunca falar isso. Ele é Jesus, mas não é Jesus, né (risos)? Claro que ele (Renato) tem condição de fazer. Fez história no Grêmio e pode fazer no Flamengo também; eu não tenho dúvida disso. Já vem demonstrando. Olha como o time está jogando pra cima, buscando gol a todo momento. Eu tenho certeza de que Renato pode fazer história ainda maior do que a que o Jorge Jesus fez. Tenho certeza disso, até pela capacidade dele. Sou fã do Renato. Torço muito por ele. Estamos muito felizes. Todos nós rubro-negros estamos."

ROMÁRIO: 'RENATO TEM CONDIÇÃO DE FAZER HISTÓRIA ATÉ MAIS BONITA QUE A DE JESUS'

"A história que o Jorge Jesus fez no Flamengo é uma história muito bonita e com certeza vai ficar marcada. Mas é claro que o Renato tem total condição de fazer uma história até mais bonita. Vai depender muito do tempo que ele vai conseguir ficar no Flamengo e das conquistas. Acredito que o time do Flamengo é um time de alto nível e pode, sim, conquistar tudo o que foi conquistado com o Jorge Jesus."