Topo

Esporte


Velocistas foram pegos com anfetamina que queima gordura e aumenta velocidade, diz jornal

Asafa Powell e Tyson Gay se cumprimentam durante campeonato em 2010 - Stu Forster/Getty
Asafa Powell e Tyson Gay se cumprimentam durante campeonato em 2010 Imagem: Stu Forster/Getty

Do UOL, em São Paulo

15/07/2013 09h36

Dois dos maiores astros do atletismo, o norte-americano Tyson Gay e o jamaicano Asafa Powell foram flagrados em exames antidoping, o que foi divulgado neste domingo, às vésperas do Mundial de Atletismo. E a mesma substância foi a causa dos dois exames positivos, de acordo com o jornal inglês The Guardian: a oxilofrina, um tipo de anfetamina. Asafa Powell admitiu que este foi o estimulante, mas Gay ainda não teve anunciado oficialmente o que foi encontrado em seu organismo

A agência mundial antidoping (Wada) proíbe o uso deste estimulante, estabelecendo como pena dois anos de suspensão, pelo fato de sua utilização poder promover uma melhora no desempenho.

A oxilofrina é usada no tratamento de casos de hipotensão (baixa pressão arterial), quando tratamentos convencionais não surtem efeito no paciente. Seu uso é feito pela ingestão de cápsulas líquidas. Além de aumentar a frequência cardíaca, o estimulante tem capacidade de suprimir o apetite e mexer com o comportamento.

Por conta destas últimas atividades, a substância também é usada na forma de suplemento alimentar, por ajudar na perda de gordura e consequente corte de peso - o que automaticamente gera aumento de velocidade no caso de atletas de alto nível. A oxilofrina aumenta a produção de adrenalina, melhorando a energia, o foco e o nível de alerta para atividades físicas e levando mais oxigênio ao sangue.

Como consequências de seu uso em abuso, há risco de taquicardia, disritmia e infarto, além de poder deixar hipertensas pessoas com pressão arterial normal que ingiram a substância.

O novo escândalo de doping no atletismo acabou afetando o Mundial de Atletismo, que será realizado entre 10 a 18 de agosto, em Moscou, na Rússia. A disputa nos 100 m rasos prometia ser acirrada, já que Tyson Gay recentemente venceu o recordista Usain Bolt. Seu flagra no antidoping o tirou da competição.

Esporte