PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tyson Gay revela flagra em doping e ausência no Mundial de Moscou

Norte-americano tem cinco títulos mundiais e foi medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres - Brendan Mcdermid/Reuters
Norte-americano tem cinco títulos mundiais e foi medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres Imagem: Brendan Mcdermid/Reuters

Das agências internacionais

Em Carolina do Norte (EUA)

14/07/2013 12h51

Ex-recordista mundial e medalhista olímpico, o norte-americano Tyson Gay revelou que testou positivo para uma substância ainda não identificada. Com isso, ele ficará de fora do Campeonato Mundial, que acontecerá em agosto, em Moscou.

"Eu não tenho uma história de sabotagem. Eu apenas coloquei minha confiança em alguém e me decepcionei. Cometi um erro. Por isso, estarei de fora de Mônaco (onde haverá uma etapa da Liga Diamante) e do Campeonato Mundial", disse o atleta.

Gay afirmou que foi avisado na última sexta-feira pela Agência Anti-Doping dos Estados Unidos (USADA) a respeito deste resultado, que foi colhido após um campeonato disputado em maio. De acordo com o corredor, uma outra amostra ainda será testada.

Tyson Gay, 30 anos, teve o auge de sua carreira em 2006 e 2007, quando conquistou cinco títulos mundiais. Nas Olimpíadas de Londres, no ano passado, ele ficou com a medalha de prata no revezamento 4x100m.

Em 2013, o norte-americano detinha a melhor marca dos 100m, com o tempo de 9s75. Com isso, ele surgia como o principal adversário do campeão olímpico Usain Bolt no Mundial de Moscou.

Esporte