PUBLICIDADE
Topo

Fiat Argo Trekking 1.8: aventureiro merecia motor melhor

Do UOL, em São Paulo (SP)

08/09/2020 04h00

Aventureiros urbanos já viveram dias melhores, mas ainda são uma opção interessante em relação aos SUVs compactos.

Por serem menores e custarem menos, eles seduzem quem procura um carro com visual diferenciado apenas para rodar na cidade - perfil no qual se enquadra a maioria dos clientes de utilitários esportivos no país.

É aí que o Argo Trekking já se destacava, embora sentisse falta de um motor mais forte do que o Firefly 1.3. Esse problema acabou com a chegada da motorização 1.8 e.torQ de até 139 cv e 19,3 kgfm, associada ao câmbio automático de seis marchas.